Você sabe como os exercícios físicos podem influenciar suas emoções?

Estudos mostram que a prática de atividade física adequada e regular ajuda a promover o bem-estar psicológico

Postado em: em Saúde

A r​elação entre o exercício físico e a resposta emocional tem sido tema de vários estudos científicos. A prática de atividade física tem, de fato, um efeito revigorante, aumentando os níveis de energia, ajudando-nos a enfrentar os desafios diários.

O exercício físico tem duas principais funções: 

- Exercícios como correr, andar de bicicleta, fazer burpees ou outros exercícios semelhantes, promovem estados emocionais de alegria e euforia. Isto porque atuam ao nível dos nossos neurotransmissores (endorfinas, dopamina e serotonina);

- A prática de exercícios respiratórios e alongamentos contribui para uma maior sensação de bem-estar, segurança, humor, calma e confiança.

Para além dos benefícios acima descritos, as investigações têm vindo a comprovar a influência do exercício físico no bem-estar psicológico e emocional. 

Os estudos mostram que a prática de atividade física adequada e regular ajuda a promover o bem-estar psicológico, reduzindo o stress, a ansiedade e a depressão.

Existe um padrão químico cerebral associados aos estados de bem-estar e felicidade, já identificado pela ciência. Nestes estados emocionais verifica-se a prevalência de determinados neurotransmissores e determinadas hormonas, tais como a serotonina e a dopamina. 

Assim sendo, a química do nosso cérebro e os nossos estados emocionais estão realmente interligados, mas qual o papel da atividade física?

Quando estamos felizes, sorrimos e descontraímos os músculos. Quando estamos preocupados e zangados tendemos a enrugar a testa e estamos tensos. Apesar destes movimentos musculares não serem escolhas conscientes que fazemos, mostram a ligação entre os músculos e as nossas emoções.

Partindo desta ligação, a ciência tem vindo a estudar de que forma podemos recorrer aos nossos músculos para modelar os nossos estados emocionais. Algumas conclusões são bastante interessantes e reforçam a grande influência do exercício nas emoções diárias.

Por outro lado, a prática de exercícios respiratórios e alongamentos parece contribuir para uma maior sensação de bem-estar, segurança, humor, calma e confiança.

.




Artigos Relacionados