Universidade Aberta à Terceira Idade da Unesp recebe mais de 4 mil idosos

São oferecidas palestras, cursos de línguas e informática, além de atividades específicas de cada câmpus

Postado em: em Educação

O​  aumento da expectativa de vida da população, com mudança da pirâmide etária do país, tem despertado debates sobre a necessidade de aprimoramento e de ampliação das políticas públicas voltadas à população de idosos. 

As pessoas estão mais preocupadas em envelhecer com sabedoria, em manter corpo e mente em atividade. Nesta perspectiva, desde 1995, a Unesp tem trazido a Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) como uma das ações vinculadas à Pró-Reitoria de Extensão Universitária e Cultura (Proex), com o objetivo de inclusão do idoso no contexto acadêmico. 

Presente em 20 câmpus da Universidade - sendo um deles o de Franca -, a Unati é mantida com recursos financeiros da Fundunesp (Fundação para o Desenvolvimento da Unesp) e do Plano de Desenvolvimento Institucional da Unesp e seguirá com suas atividades em 2020.  

“Embora tenhamos uma gestão central, cada um dos núcleos tem autonomia de ação, com propostas de trabalho que melhor atendam a demanda local, conforme as características do câmpus em que estão inseridos. O objetivo é disseminar os conhecimentos gerados na universidade à comunidade”, explica a professora Cleópatra da Silva Planeta, pró-reitora de Extensão Universitária e Cultura da Unesp. “Inserir o idoso no contexto acadêmico é uma das funções sociais da universidade pública”, completa.

O último levantamento aponta que 4.362 pessoas foram atendidas pela Unati, em 2018. 

“Os que receberam maior procura foram os núcleos de São José dos Campos, com 700 matrículas, São José do Rio Preto, com 607, e Sorocaba, que contou com 490 alunos”, pontua o professor Wílson de Mello Júnior, assessor da Proex. “São oferecidas palestras, cursos de língua estrangeira e informática, além de outras atividades específicas ofertadas por cada câmpus, como por exemplo oficinas de teatro e de ginástica. Fazer parte dessas atividades é uma forma de garantir uma vida social mais ativa e participativa na sociedade”, destaca.

Para o vice-presidente da Fundunesp, professor Max José de Araújo Faria Junior, o trabalho desenvolvido pela Universidade Aberta à Terceira Idade abre as possibilidades de inclusão do público idoso e reconhece seu valor. 

“A Unati é um  projeto de grande alcance social da Unesp e merece toda a atenção e apoio da Fundunesp. A fundação garantiu os recursos para o próximo ano e vem conversando com a Proex sobre novas formas de auxílio e de estímulo às atividades da Unati”.

Em harmonia
A presença de pessoas de maior faixa etária dentro da universidade, segundo a pró-reitora Cleópatra Planeta, contribui para o estabelecimento de relações bastante enriquecedoras com os alunos, de aprendizagem para todos os envolvidos.

“Temos uma preocupação em quebrar as barreiras e isso é trabalhado em várias frentes. Nas aulas de informática, por exemplo, os alunos bolsistas são instrutores. Mas existe o efeito inverso, como quando pessoas matriculadas pela Unati são chamadas para participar como alunos especiais em determinadas disciplinas. Houve um caso, na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS) de Franca, em que um deles foi chamado para falar no curso de História, pois a disciplina tratava sobre um evento histórico que ele vivenciou. Essa troca de experiências e conhecimento é extremamente enriquecedora para todas as partes”, afirma a professora Cleópatra.

Em 2020, novas turmas serão formadas em todos os 20 núcleos da Universidade. “Cursos, oficinas e palestras são definidos dentro de cada núcleo, assim como o número de vagas e calendário. Por isso, é importante que os interessados procurem o núcleo da Unati no câmpus mais próximo”, orienta o professor Wílson.

Os requisitos para a matrícula na Universidade Aberta à Terceira Idade são: idade mínima de 55 anos e independência em locomoção até os locais das atividades. Não é exigido nível mínimo de escolaridade.

Para informações sobre programação da Unati em Franca, entre em contato por um dos telefones (16) 3706.8700 e 3706-8871


Artigos Relacionados