Unesp elabora guia para prevenção ao assédio em todos os seus câmpus

Como espaço plural, a Unesp repudia a cultura de violência, preconceito e discriminação

Postado em: em Educação


Iniciativa também inclui sete modelos de cartazes distribuídos nos câmpus (Crédito: Reprodução)

​Unesp elaborou e está distribuindo em suas unidades universitárias o Guia de Prevenção ao Assédio.

O material integra um conjunto de políticas que estão sendo desenvolvidas pela instituição no âmbito do projeto Educando para a Diversidade, em parceria com o Santander Universidades.

O Guia pode ser visualizado online clicando neste link. Já os cartazes podem ser baixados aqui.

O projeto Educando para a Diversidade tem como propósito divulgar e compartilhar informações, ações de formação, debates e demais conteúdos que possam contribuir para a construção de práticas inclusivas e de garantia aos direitos das pessoas em suas diversidades para seu acesso e permanência com dignidade e respeito no contexto universitário. 

Entre as ações do projeto está o programa Educando para a Diversidade, veiculado semanalmente pela TV Unesp.

Ao todo, foram impressos 5.000 guias e outros 1.750 cartazes com a temática, sendo sete artes diferentes (250 de cada modelo). O material está sendo distribuído na Reitoria e nas 34 unidades universitárias, nos 24 câmpus.

O guia foi idealizado pela Universidad Complutense de Madrid (UCM), que cedeu os direitos de adaptação e divulgação do projeto. 

O material, ilustrado e com aproximadamente 20 páginas, orienta quanto a definição e identificação de diferentes formas de assédio, como agir ao presenciar um assédio (como vítima, testemunha ou conhecedor), e quais as normativas da Unesp, as leis e os decretos que tratam do assunto.

especificamente a atuação do professor na presença de assédio ou caso escute um relato de um aluno nesse sentido. 

O material também orienta em relação aos contatos disponíveis da Ouvidoria Geral e das Ouvidorias Locais.

O projeto é coordenado pelos docentes Juarez Tadeu de Paula Xavier, Daniela Cardozo Mourão, Fernanda Henriques, Leonardo Lemos de Souza, Raul Aragão Martins, Lidia Maria Vianna Possas e Lucia Pereira Leite.

A Unesp repudia a cultura de violência, preconceito e discriminação. A instituição entende a universidade como um espaço plural de convivência e respeito entre todas as partes.


Artigos Relacionados