Sustentabilidade chegando na vida turística

Postado em:

Viajar é realmente um prazer, conheço bem poucas pessoas que não tenham amor por essa prática. E um dos luxos que os hotéis tem o costume de oferecer ao seus clientes são os amenities, essa palavra ainda é pouco conhecida, mas a tradução seria os cosméticos e produtos disponibilizados para a higiene e comodidade dos hóspedes no hotéis, como shampoos e sabonetes.

A notícia que saiu essa semana pela rede Marriott Internacional e a InterContinental Hotel Group, pode parecer ruim para muitos viajantes, mas na verdade é um grande passo quando o mundo precisa ser mais sustentável. Esses dois dos maiores conglomerados de hotéis do mundo, anunciaram que irão substituir os itens por invólucros maiores, que poderão ser reabastecidas e dificilmente irão parar na bagagem dos hóspedes.

De acordo com o The Wall Street Journal, 450 unidades da rede Marriot Internacional já estão substituindo as pequenas embalagens de 20ml por recipientes maiores, de aproximadamente 250ml, que poderão estar afixados na parede junto ao chuveiro e podem ser acionados por válvulas bombeáveis. A meta da rede é atingir até 1500 hotéis até Janeiro de 2019.

Muitas das bandeiras usadas por viajantes já estão acontecendo, como: Courtyard by Marriott, Residence Inn, TownPlace Suites, Fairfield Inn, SpringHill Suites, Four Points e Moxi. Já hóspedes da rede IHG deverão notar a diferença em unidades de bandeiras como Holiday Inn Express, Staybridges Suites, Candlewood Suite e Avid Hotels. A marca Even, do mesmo grupo, por sua vez, já não contava com as miniaturas desde seu lançamento em 2014.

A mudança está ocorrendo por diversos motivos além da preocupação com o meio ambiente pela quantidade de plástico que pode ser diminuída impactando positivamente o ecossistema. Assim como economia com o corte de custo na compra de tantos produtos, já que foi constatado que a grande maioria era levada como ‘coleção’ pelos hóspedes, e nem sequer usada. Problemas operacionais também foram levados em consideração. Hóspedes que viajam juntos, por exemplo, se queixam que as quantidades dos vidrinhos são insuficientes para suprir as necessidades. E os lacres de plástico que encobrem os recipientes muitas vezes provocavam entupimento nos encanamentos dos banheiros, por muitas vezes irem parar nos ralos.


*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​