Saúde prepara campanha de multivacinação e contra paralisia infantil em Franca

Durante a campanha, as equipes deverão observar as normas de distanciamento social nas UBS

Postado em: em Saúde

Essas ações terão como objetivos reduzir o risco de reintrodução do poliovírus no país, oportunizar o acesso às vacinas, atualizar a situação vacinal e controle das doenças

Está sendo preparada para outubro pela Secretaria Municipal de Saúde a realização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação das crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade. 

Essa imunização será realizada no período de 5 a 30 de outubro de 2020, sendo que para 17 de outubro está previsto o chamado o dia “D” de divulgação e mobilização nacional.  

A Vigilância Epidemiológica do município já trabalha na divulgação dessas duas campanhas, distribuindo informativos internos para todas as Unidades Básicas de Saúde, ambulatórios e demais repartições e também veículos de comunicação. 

As Campanhas Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação das crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade serão realizadas no período nesse período mencionado, ficando o dia 17 como dia ‘D’ de mobilização.

Essas ações terão como objetivos reduzir o risco de reintrodução do poliovírus no país, oportunizar o acesso às vacinas, atualizar a situação vacinal, aumentar as coberturas vacinais e homogeneidade, diminuir a incidência das doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação e/ou erradicação dessas doenças.

ORIENTAÇÕES  

Quanto à realização das campanhas de vacinação e a situação de pandemia da COVID-19, as orientações são para que os serviços de vacinação de rotina deverão obedecer às diretrizes estaduais e municipais sobre o distanciamento social. 

Deve-se considerar a capacidade do sistema de saúde em realizar de forma efetiva uma campanha de vacinação em massa segura e com qualidade, no contexto da pandemia em curso.

Os postos de vacinação, no caso em Franca as UBS e núcleos de Estratégia da Saúde da Família, deverão realizar a administração das vacinas em áreas bem ventiladas e desinfetadas com frequência; garantir a disponibilidade aos usuários de local para lavagem adequada das mãos ou álcool em gel para desinfecção;  limitar o número de acompanhantes a pessoa que será vacinada (um acompanhante); evitar aglomerações na sala de espera e demais medidas protocolares de segurança recomendadas pelas autoridades sanitárias.


Artigos Relacionados