Sal escondido nos alimentos

Postado em: - Atualizado em:

Quando as pessoas precisam ou querem restringir sódio da alimentação, logo pensam em sal de mesa. Mas será que só encontramos sódio ali na sua mesa?

A resposta é Não! Muitos alimentos, principalmente os industrializados, contêm alto teor de sódio, por isso é importante a leitura dos rótulos tanto na lista de ingredientes quanto na tabela nutricional para verificar a quantidade desse micronutriente. Evite os alimentos que possuem alto % Valor Diário (VD) em sódio.
Segundo a OMS, a recomendação de sódio é menos de 2g ou menos de 5g de sal por dia, isso equivale a 1 colher de chá, para evitar a elevação da pressão arterial, risco de doenças cardiovasculares, acidente vascular encefálico e doenças coronarianas.
O consumo da população é muito maior que o recomendado, devido ao consumo de refrigerantes, pães, macarrão instantâneo, temperos prontos, molho shoyo, produtos defumados, embutidos, produtos enlatados entre outros.
Por exemplo, um macarrão instantâneo tem em média 1500 mg de sódio, isso representa 75% VD recomendado. É muita quantidade! E se pensarmos que ainda terá o consumo de outros alimentos e bebidas, ultrapassa facilmente a recomendação!

Então CUIDADO!! Prefira o macarrão comum com molho de tomate caseiro ou um molho que não tenha muito sódio.
Utilize mais ervas in natura ou desidratadas para temperar os alimentos;

Prepare *sal de ervas que deixará sua refeição deliciosa (só escolher as ervas desidratadas e bater no liquidificador com sal de preferencia rosa).
Em relação ao molho shoyo, existem as versões com menos sódio e sem glutamato monossódico. E os demais produtos, evite o consumo diário.

Para maiores recomendações diárias individuais procure um profissional capacitado!


*Esta coluna é semanal e atualizada às segundas-feiras