Safra de café do Brasil é recorde com 59,6 milhões de sacas de 60 kg

País deve produzir 59,6 milhões de sacas de 60 kg este ano, diz o Instituto

Postado em: em Agronegócios

Bienalidade alavancou produção de café

O volume de café produzido pelo Brasil este ano é recorde, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estática (IBGE). O levantamento de novembro foi divulgado na terça-feira (11) e aponta para 59,6 milhões de sacas de 60 kg produzidas. 

O volume corresponde a 3,6 milhões de toneladas do grão. O número representa crescimento de 30% em relação ao total de 46 milhões de sacas, ou 2,77 milhões de toneladas, produzidas em 2017, segundo o IBGE.

Segundo Instituto, o número foi alavancado pela bienalidade positiva do cultivo, que costuma produzir menos em um ano e mais no ano seguinte. O IBGE indica o clima mais chuvoso nas principais regiões produtoras e os maiores investimentos em tratos culturais realizados pelos produtores como motivos para o recorde.

O dado acompanha o crescimento das exportações de café de 24,4% em novembro em relação ao mesmo mês de 2017, de acordo com dados do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). 

O total de café (incluindo grão verde, solúvel e torrado & moído) exportado foi de 3,68 milhões de sacas em novembro.

Em relação ao ano anterior, a produção da espécie arábica teve elevação de 28,2%. Outro aumento considerável foi na produção do café robusta, que apresentou crescimento de 30,4%. 

Os dados que mais chamam atenção são dos estados do Espírito Santo (53,0%) e Bahia (15,7%). Ambos são grandes produtores do café robusta e sofreram com déficit hídrico nos últimos anos. Agora, as produções vêm se recuperando.

Em novembro, houve redução das produções de Rondônia (1,2%) e Minas Gerais (12,3%), comparando com o mesmo mês de 2017.


Artigos Relacionados