Sabesp vence prêmio da ONU em saneamento básico pelo Água Legal

A Sabesp foi premiada pelo Programa Água Legal, que regulariza ligações em regiões de vulnerabilidade social

Postado em: em Meio Ambiente

A Sabesp é uma das empresas vencedoras do prêmio "Cases de Sucesso em Água e Saneamento (ODS 6) 2019", da Rede Brasil do Pacto Global, iniciativa da ONU (Organização das Nações Unidas).

O prêmio visa reconhecer os melhores cases da área no Brasil e qualificar o debate sobre o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 6 – Água e Saneamento –, além de mostrar as oportunidades de negócio para o setor.

A Sabesp foi premiada pelo Programa Água Legal, que regulariza ligações de água em regiões de alta vulnerabilidade social, em duas categorias:

“Água, Saneamento  e  Higiene (WASH) e Direitos Humanos” e “Eficiência hídrica em cadeias diretas de operações e suprimentos”.

É uma premiação que reconhece o nobre trabalho realizado pela Sabesp ao levar o acesso à água de qualidade e cidadania às mais de 110 mil famílias beneficiadas.

Elas, antes viviam em situação de vulnerabilidade, sujeitas a doenças causadas pela água contaminada que corria  nas  instalações precárias.

“Os prêmios também refletem a gestão eficiente dos recursos hídricos à medida que, com estruturas preparadas, o programa resulta em acentuada redução de perda em relação ao que se perdia nas tubulações improvisadas”, afirmou o governador João Doria.

O Programa Água Legal, da Sabesp, regulariza ligações de água onde moradores são normalmente abastecidos de modo precário por tubulações improvisadas e sujeitas à contaminação. 

O propósito é levar saúde e qualidade de vida para a população, bem como a preservação dos recursos hídricos, além de promover a sustentabilidade urbana. 

De 2016 a 2019, foram  atendidas 110 mil famílias pelo programa (ou 400 mil pessoas), com investimentos de R$ 133 milhões.

Estação de Tratamento de Esgoto de Franca

“Outra excelente notícia é a garantia de continuidade do programa com o financiamento assinado há  poucos dias com o Banco Mundial. Mais 152 mil famílias serão beneficiadas nos próximos anos. Em síntese, a iniciativa da Rede Brasil nos dá importante sinalização de que estamos em sintonia com o grande  tema mundial da implementação  dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, sobretudo o objetivo 6, que trata do acesso à água de
qualidade e saneamento básico para todos”, disse o presidente da Sabesp, Benedito Braga.

Neste mês de dezembro, a Sabesp assinou contrato de financiamento junto ao Banco Mundial para o Programa de Saneamento Sustentável e Inclusivo, que prevê investimentos  na distribuição de água na RMSP, com destaque para a ampliação do Programa  Água Legal.

O financiamento de US$ 250 milhões do Banco Mundial terá contrapartida de US$ 100 milhões da Sabesp.

Os finalistas foram divididos em quatro categorias: Água, Saneamento e Higiene (WASH)  e Direitos Humanos; Eficiência Hídrica em cadeias diretas de operações e suprimentos; 

Ação Coletiva e Proteção; e Restauração de Ecossistemas. Os participantes da premiação podem ser conhecidos pelo site da organização Pacto Global: www.pactoglobal.org.br


Artigos Relacionados