Receio de que clima seco prejudique florada faz preço do café subir

Falta de chuva e clima seco fez com que a saca de café subisse até R$ 20 somente na semana que terminou

Postado em: em Agronegócios

O clima seco nesta semana valorizou em até R$ 20 a saca de café no Brasil. 

O diretor da Pharos Corretora, Haroldo Bonfá, afirma que o mercado teme que isso prejudique a florada e leve a uma produção menor. 

Ele alerta, no entanto, que chuvas podem dar uma “balançada” nos preços.

Bonfá comenta, também, que a baixa da commodity na Bolsa de Nova York trava os negócios no mercado interno, pois enquanto o produtor pleiteia as cotações antigas, compradores querem trabalhar com os novos.

Quanto à nova safra, o diretor da Pharos estima que o país pode produzir 51 milhões de sacas. Para os preços, a perspectiva dele é de alta até o fim de 2019.

A análise é de que os preços ficaram muito abaixo do custo de produção em diversos países. 

Isso forçou alguns produtores a investirem menos em suas fazendas, o que, segundo um analista, começará a se traduzir em menor produção global em 2019/20.


Artigos Relacionados