Projetos culturais de entidades de Franca vão receber apoio da Prefeitura

Relação aprovada foi divulgada pela FEAC; Selecionadas têm até esta quinta, 19, para se habilitarem

Postado em: em Cultura

Centro de Integração da Terceira Idade Lions Clube Franca foi um dos contemplados pela FEAC (Foto: Reprodução)

 A FEAC (Fundação do Esporte, Arte e Cultura), divulgou em forma de Edital publicado no Diário Oficial do Município dessa terça-feira, 17, o julgamento dos planos de trabalho e documentos necessários para habilitação dos projetos culturais do terceiro setor selecionados para este ano. 

Trata-se do Chamamento Público nº 001/20, direcionado para as Organizações da Sociedade Civil para estabelecimento de parcerias com a Administração Municipal, através da Fundação de Esportes Arte e Cultura – FEAC, visando à execução de projetos culturais no município, na modalidade termo de colaboração.

Após análise dos Planos de Trabalhos pela Comissão de Seleção e Análise Técnica da Fundação Esporte Arte e Cultura tornou público que foram selecionados os planos de trabalho  das seguintes Organizações da Sociedade Civil:

- Centro de Integração da Terceira Idade Lions Clube Franca,

- Associação Educacional e Cultural Amigos Solidários,

- Associação Cultural Casa do Hip Hop de Franca,

- Associação Folclórica Tradição Cultura Popular de Franca,

- Associação dos Moradores do Residencial Santa Maria e Jardim Bom Sucesso,

- Miramontes Esporte Clube

- Associação de Pais e Amigos os Autistas de Franca. 

As organizações da Sociedade Civil selecionadas já estão convocadas a apresentar o plano de trabalho ajustado e a documentação de habilitação relacionados conforme a legislação até as 17h desta quinta-feira, 19 de março, na Fundação Esporte Arte Cultura, Av. Francisco de Paula Quintanilha Ribeiro, 550, 4º Andar, Parque Francal.

Os planos de trabalho apresentados pelas organizações Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Franca/SP e Associação Atlética Acadêmica I de setembro da Universidade de Franca, não foram selecionados por estar em desacordo com o edital de chamamento. 

Apresentaram desistência a  Fundação Espirita Judas Iscariotes e Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Franca.


Artigos Relacionados