Prevenção à Aids/DST's em Franca distribuirá mais de 30 mil preservativos

Campanha da Secretaria Municipal de Saúde visa orientar população e prevenir doenças durante a folia

Postado em: em Saúde

Psicólogo João Doná palestra sobre as doenças sexuais transmissíveis para os usuários da Sociedade dos Cegos de Franca

De olho no Carnaval, a Secretaria  Municipal de Saúde de Franca está com suas equipes do Centro de Prevenção em DST/Aids empenhadas e realizando ações de campo desde o começo da semana, com abordagens das pessoas e distribuição de material informativo e preservativos. 

Estiveram praticamente em todos os ensaios das escolas de samba durante os últimos dias, conversando sobre doenças infecciosas e a importância da utilização de preservativos nas relações sexuais.

Paralelamente a isso, um profissional do Centro de Testagem e Aconselhamento tem percorrido diversos estabelecimentos de ensino e entidades de atendimento comunitário, realizando palestras.

O psicólogo João Doná,  por exemplo, que integra essa equipe, conversou com os alunos dos cursos técnicos do Senac sobre o tema e nessa quinta-feira, 20, a convite da Sociedade de Instrução e Trabalhos para Cegos, palestrou para os deficientes visuais em sua sede, à Rua Santa Catarina.

Ao intensificar as medidas preventivas em relação as doenças sexualmente transmissíveis nesse período carnavalesco, com a distribuição gratuita de mais de 30 mil preservativos, gel lubrificante e informativos com ilustrações ensinando com usá-los, as equipes querem prevenir a proliferação das doenças contagiosas. 

As 16 Unidades de Saúde espalhadas pela cidade também receberam esses materiais, para que sejam repassados aos usuários, junto com as informações adicionais.

A preocupação maior da Secretaria da Saúde nesse instante, além da dengue que tem exigido atenção permanente, é com as doenças sexualmente transmissíveis. Entre elas o sífilis, HIV e hepatites, pois embora seja necessário sempre, nesse período festivo é preciso intensificar e chegar naquele público mais jovem que muitas vezes não se atém aos cuidados básicos.

O trabalho terá continuidade nos próximos dias, com as equipes do Centro de Prevenção em DST, percorrendo os locais de desfile no sábado, 22, e domingo, 23, conversando e distribuindo os produtos que fazem parte do kit preventivo. 

As infecções sexualmente transmissíveis (IST) são decorrentes em sua maior parte a partir do contato sexual sem proteção com uma pessoa contaminada, podendo a pessoa contrair mais de uma patologia.



Artigos Relacionados