Prefeitura diz que não vai instalar "pardais", mas só agilizar processo de multa

O objetivo é agilizar o processo de multas, desde a aplicação e recursos até chegar ao resultado final.

Postado em: em Trânsito

A Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura de Franca divulgou nota de esclarecimento sobre o processo para contratação de empresa que vai gerenciar as multas de trânsito no município.

Segundo a nota oficial, não serão instalados novos equipamentos de radares. O objetivo da contratação é agilizar o processo de multas, desde a aplicação, passando pelos recursos, até chegar ao resultado final. A Prefeitura quer mais agilidade

O estranho é que Gilson de Souza teve 4 anos para agilizar o processo e só agora, a poucos meses de encerrar seu mandato, que ele quer tornar a Prefeitura ainda mais ágil no processo de multar os motoristas.

Veja a nota oficial da Prefeitura de Franca.

"A prefeitura de Franca publicou no Diário Oficial do Município de sábado, 26 de setembro, edital de contratação de empresa para gerenciamento das autuações de trânsito emitidas pela Polícia Militar. Processo nº 33738/20 – Pregão Presencial nº 64/20 

Não há referência, no edital, especificamente, a nenhum equipamento para aplicação de multas, tais como os radares eletrônicos, conhecidos como “pardais”. 

Os sistemas e equipamentos de que trata o edital são de processamento online das multas, que facilitará o trâmite das mesmas internamente, economizando tempo e mão de obra no cadastramento da multa emitida e seus possíveis recursos. 

A prefeitura de Franca deixa claro que não está prevista a instalação de radares eletrônicos na cidade. 

Assessoria de Comunicação Prefeitura de Franca".


Artigos Relacionados