Preço da saca de café cai 2,13% em Franca e fecha semana cotada a R$ 460

Praça do produto em Franca a teve maior oscilação na sexta dentre as praças

Postado em: em Agronegócios

De acordo com o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da Esalq/USP), os negócios com café são isolados nas praças brasileiras.

"A queda nos preços externos da variedade tem mantido boa parte dos vendedores afastada, com fechamentos ocorrendo especialmente em dia de alta do dólar. Além disso, muitos produtores consultados pelo Cepea têm dado preferência a entregas programadas e ao cumprimento de contratos".

O café tipo cereja descascado registrou maior valor de negociação em Guaxupé (MG) com saca a R$ 483,00 e queda de 2,03%. A maior oscilação no dia dentre as praças ocorreu em Poços de Caldas (MG) com baixa de 2,29% e saca a R$ 469,00.

O tipo 4/5 registrou maior valor de negociação em Franca (SP) com saca cotada a R$ 460,00 e queda de 2,13%. Foi a maior oscilação no dia dentre as praças.

O tipo 6 duro anotou maior valor de negociação em Araguari (MG) com saca a R$ 460,00 – estável. A maior oscilação no dia dentre as praças verificadas ocorreu em Vitória (ES) com alta de 2,35%.

Na quarta-feira (04), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, bebida dura para melhor, teve a saca de 60 kg cotada a R$ 446,06 e alta de 0,11%.


Artigos Relacionados