Prazo para destinar IR às entidades assistenciais de Franca vai até sexta, 27

Pessoas Físicas e Jurídicas poderão encaminhar parte do tributo ao Fundo da Criança e do Adolescente de Franca

Postado em: em Cotidiano

Até o dia 27 de dezembro, Pessoas Físicas poderão escolher onde seu tributo será aplicado destinando até 6% do Imposto de Renda ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente de Franca. 

Esta decisão será importante para apoiar projetos e ações desenvolvidas por 26 entidades ligadas ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Franca (CMDCAF).

O auditor da Receita Federal de Franca e conselheiro CMDCAF, Flávio Paulo de Faria, explica que a destinação não se trata de uma doação, mas de uma decisão do contribuinte sobre onde o seu imposto deve ser investido. “O valor destinado será devolvido ao contribuinte como aumento na restituição do imposto ou redução do imposto a pagar. Se o francano pode deixar o seu dinheiro na cidade e ajudar instituições que conhece, podendo acompanhar o seu trabalho, por que enviar à Brasília sem saber qual o seu fim?”, diz.

Importante ressaltar que o contribuinte pode optar por destinar 3% de seu Importo de Renda até o dia 27 deste mês e os outros 3% até o último dia de entrega da declaração, em 2020. 

Já as empresas podem destinar, a qualquer momento, 1% do imposto normal de 15% (sem adicional), valor a ser deduzido do imposto estimado mensal ou do imposto calculado, com base no lucro real trimestral ou anual.

Por entender a relevância da destinação do Imposto de Renda, a ACIF (Associação do Comércio e Indústria de Franca), a Assescofran (Associação das Empresas de Serviços Contábeis de Franca e Região), o CRC-SP (Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo), o Uni-Facef (Centro Universitário de Franca), a Delegacia da Receita Federal em Franca, a Prefeitura Municipal e o CMDCAF promovem a campanha de conscientização “Você Ajuda, mas quem paga é o leão”, responsável por conscientizar a população e incentivá-la a destinar. Comunicação via mídia tradicional e redes sociais fazem parte da ação.


Artigos Relacionados