Pandemia faz as exportações caírem 27,7% no mês de agosto em Franca

No ranking das cidades exportadoras, Franca está na posição 74 no estado e na posição 294 no país

Postado em: em Indústria

Os maiores parceiros comerciais da cidade são os Estados Unidos, com compras de US$ 15,3 milhões em 2020, representando 20,6% total

No mês de agosto de 2020, as exportações de Franca atingiram US$ 7,935 milhões, segundo os dados oficiais do Governo Federal. 

Houve aumento de 5,24% na comparação com os valores exportados em julho, de R$ 7,541 milhões. 

Mas, por outro lado, na comparação com agosto de 2019, quando os valores ficaram em US$ 10,9 milhões, registrou-se expressiva queda de -27,7%. 

Para as exportações, o agosto de 2020 é o pior dos últimos dez anos. Nesse período, o melhor agosto foi o de 2011, com US$ 22,1 milhões em vendas externas. 

No acumulado dos oito meses de 2020 também houve queda nos negócios, na base de -17,1%. 

Este ano, o acumulado registra US$ 74,4 milhões. No mesmo período de 2019 foram US$ 89,8 milhões.

De janeiro a agosto de 2020, o maior resultado financeiro de Franca aconteceu com a exportação de café. 

Os produtores da região vendem para o exterior no período US$ 36,7 milhões ou 49,3% do total. 

No segundo lugar aparecem os calçados, com US$ 24,5 milhões ou 32,9% do total. 

Os couros acabados e semi-acabados vêm no terceiro lugar com vendas externas de US$ 8,639 milhões ou 11,6% do total. 

Os maiores parceiros comerciais da cidade são os Estados Unidos, com compras de US$ 15,3 milhões em 2020, representando 20,6% total. 

No segundo lugar aparece a Itália, com compras de US$ 12,7 milhões (17,1%). 

No terceiro lugar, a Alemanha comprou produtos no valor de US$ 6,570 milhões (8,9%). 

No ranking das cidades exportadoras, Franca está na posição 74 no estado e na posição 294 no país.


Artigos Relacionados