Os modernos da semana da moda!!! Ousadia e futurismo...

Postado em:

Com looks impecáveis, o desfile do estilista Reinaldo Lourenço teve como inspiração o cinema, levando para a passarela a modernidade e o luxo,  que já são conhecidos de sua marca... Suas peças bem cortadas, vindas da alfaiataria masculina, fizeram bonito como protagonistas ao lado de uma camisaria preciosa, decorada com amarrações, drapeados especiais, babados e transparências entraram em cena trazendo looks para usarmos tanto durante o dia como a noite... Fantástico!!!

O tapete quadriculado, que se fez de passarela, criou um belo mix de padronagens com os tecidos em xadrez que estamparam as peças, além de cores como vermelho, azul, amarelo e prata. A make completou o cenário com sombras em forma de máscaras reluzente e bocas ora nudes, outras vermelhas... Enlouquecedor Divas!!!

As criações da Uma by Raquel Davidowicz me deixaram enlouquecida e apaixonada....

Origem é o nome da coleção que traz o conforto, formas fluidas e tons neutros para a passarela, que aconteceu no Museu da Imigração em São Paulo.

....esses eram alguns dos indícios de uma coleção cheia de significados da estilista Raquel Davidowicz para a Uma... Looks fluidos, tons sóbrios e conforto apareceram na passarela da grife, no terceiro dia do SPFW 45, em São Paulo. O local escolhido pela estilista, aliás, dialoga diretamente com o tema que guiou toda a coleção, repleta de acessórios utilitários, que remetem à praticidade que as pessoas costumam buscar ao viajar. A diversidade surgiu nos tecidos, com a lã no tricô, o couro, a seda, sem contar as sobreposições feitas nas modelos (com casting bem diversificado, para representar os nômades e refugiados). No final da apresentação, Raquel apareceu com uma camiseta escrita Origem, que será vendida na loja da marca, na Vila Madalena (Rua Girassol, 273) e terá seus lucros revertidos para a ONG Aquele Abraço, um projeto que tem refugiados como professores de línguas estrangeiras.

APARTAMENTO 03

Luiz Claudio Silva, que fez uma coleção que traz as memórias de sua família formada por costureiras, meio em que nasceu e viveu... ROMÂNTICO E ATUAL!!! Daí os casacos com fios soltos, como ficam as próprias roupas das costureiras depois de cerzir, cortar e costurar. Retalhos também foram usados para construir casacos, que se transformam em belas peças de patchworks. Os trenchs, de comprimento midi e tecidos pesados, faziam contraponto com alguns looks mais leves, um pouco transparentes, mas sempre com rigor necessário no acabamento e no corte de alfaiataria impecável. O desfile aconteceu principalmente em tom escuro, mas foi iluminado com tons de amarelo e verde.

A escolha da produção da novela para gravar o triunfo de Beth coroa o próprio estilista mineiro, que conta com um trabalho na execução das peças, tanto do avesso quanto do direito – algumas peças pareciam mesmo estar do avesso – e as roupas feitas sempre com um pouco dessa memória familiar, conferem a Luiz Carlos o status de um dos principais criadores de moda do Brasil... Os aplausos para Glória Pires aconteceram... Mas, direcionados para ele... Fantástico!!!

Dica de Diva!!!

Sem palavras para o espetáculo de energia, alegria e diversidade que a marca AMAPÔ trouxe para o mundo da moda...

O desfile aconteceu no salão de baile União Fraterna, na Lapa. O salão tem piso de madeira e um palco onde todos se reuniram para o momento final... Roupas criadas a partir de peças de brechó, prontas para contar novas histórias. Além disso, parte do desfile da AMAPÔ foi norteada pelas obras do artista Eli Sudbrack e seu projeto AVAF (Assume Vivid Astro Focus), coletivo internacional de artistas plásticos criado pelo brasileiro.

A relação entre Eli e as estilistas da marca, Carô Gold e Pitty Taliani vem de longa data, que inclui diversas colaborações, desde a participação em performances, passando por criação de estampas e mais. Sempre caminhando em uma via de mão dupla, criando um vai e vem de inspiração e admiração mútua.

Uma maquiagem mais absurda que a outra, o desfile mostrou todo o talento do maquiador Lau Neves, que criou personagens absurdos, mas impactantes. Difícil escolher um preferido. A dupla Madonna e Cindy fez a sua própria caracterização... Entre esse clima de ousadia e cor, senti que o momento é que podemos criar e ousar em looks que fazem do nosso momento sempre especial... Seja colorido ou monocromático,  a alma tem que estar de bem com a vida!!!

Estou com vocês lá no meu Instagram:

claudiamadeira_oficial

Superbeijo de Diva!!!


*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​