Operadoras telefônicas ampliam combate a fraude em cadastro de pré-pago

O programa será ampliado para os moradores do Sul e Sudeste, a partir do dia 22 de janeiro

Postado em: em Economia

Para combater fraudes no cadastro de linhas pré-pagas, as operadoras de telefonia ampliaram para os clientes do Nordeste e Centro-Oeste a possibilidade de consultar se existem, no próprio nome, contas irregulares cadastradas.

A pessoa deve acessar o portal - cadastropré.com.br - e verificar se o próprio CPF tem sido usado para cadastrar outras linhas pré-pagas.

Se for encontrada uma linha irregular, a pessoa deve pedir o cancelamento imediato do pré-pago.

As empresas são obrigadas a cancelar a conta em 24 horas se o pedido for feito por meio de atendente e em até 48 horas se a solicitação foi por meio digital.

Os clientes da Região Norte já podem verificar se existem linhas de pré-pago irregulares no próprio CPF, desde o dia 6 de janeiro.

O programa será ampliado para os moradores do Sul e Sudeste, a partir do dia 22 de janeiro.

A iniciativa foi proposta pelas operadoras e aprovada pela Anatel, a Agência Nacional de Telecomunicações. A medida é uma das ações da agência para combater as fraudes nos pré-pagos.

*Rádioagência Nacional


Artigos Relacionados