Produtor de Ibiraci é o grande campeão nos 20 anos do Cup of Excellence

Com a média de nota de 92,23 pontos entre provadores internacionais, o café de André será leiloado em novembro

Postado em: em Agronegócios

Produtores de Ibiraci com o juiz principal: Eduardo Ambrocio, da Guatemala

André Aguila, da Fazenda Pai e Filho, localizada no município mineiro de Ibiraci venceu o concurso Cup of Excellence 2019, realizado em Lavras (MG). 

A cidade do produtor - localizada a 40 km de Franca (SP) - está em um braço da Região da Alta Mogiana e em processo de reconhecimento oficial para entrar na Indicação Geográfica.

O feito de André coroou o país do café natural (seco com a casca no terreiro) e deu luz a um novo momento do café brasileiro: produtores que são provadores. 

Será que podemos afirmar que temos a nova geração de Farmer-Graders? Ele, atual campeão do certame nacional de provadores de café (Cup Tasters 2019) conseguiu o feito de alcançar a primeira posição também no principal e um dos mais antigos concursos do Brasil - o Cup of Excellence.

Com a média de nota de 92,23 pontos entre provadores internacionais, o café de André será leiloado em novembro junto com outros 26 cafés que conseguiram notas acima de 87 pontos no concurso e são considerados “CoE Winners”. 

Outros seis cafés também foram selecionados para o leilão na categoria “National Winners”, totalizando 33 cafés premiados.

A nova fase da produção de cafés especiais no Brasil já é realidade no dia a dia dos cafeicultores. 

Hoje quem entra neste mercado sabe que precisa se capacitar. E aí está o resultado: produtores que aprenderam a provar seus cafés, que estão trocando ideias em grupos de profissionais, que fazem cursos, que pedem auxílio da pesquisa nacional e que fazem cafés antes inimagináveis para Brasil. 

Conclusão: ouvir dos juízes internacionais que os 10 finalistas (de sete regiões diferentes) eram cafés incríveis e com perfis de sabores distintos e de difícil escolha. Além de tudo as variedades também: geisha, catuaí, bourbon, dentre outras.

20 anos de Cup of Excellence

Provadores puderam fazer cuppings de experimentos do professor Flávio Borém, da Ufla, em Lavras

Este ano, em celebração às duas décadas de Cup of Excellence, o evento retornou para a cidade de origem, Lavras, e para a Universidade Federal de Lavras (Ufla).

Foi ali, em 1999, que provadores nacionais e internacionais fizeram o primeiro certame. Foram também anfitriões a SanCoffee - cooperativa e exportadora de cafés de Santo Antônio do Amparo.

Durante uma semana, parte dos fundadores do CoE, representantes da Alliance for Coffee Excellence (ACE), da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção e Exportações e Investimentos) estiveram presentes na região de Campos das Vertentes para celebrar o concurso.

Foram para a final do certame o total de 40 produtores. Este ano, o concurso recebeu na primeira etapa 442 amostras.

Dessas, apenas 124 passaram pela pré-seleção de juízes nacionais. Somente cafés acima de 86 pontos seguiram para a final, que foi então, realizada entre os dias 15 e 19 de outubro, na Ufla.


Artigos Relacionados