Morador de Franca é 1º a assinar contrato de financiamento em braile

Atendente teve a possibilidade de ler as 135 folhas do documento. Caixa é o primeiro banco a oferecer a opção

Postado em: em Inclusão

Pela primeira vez na história do país, pessoas com deficiência visual poderão assinar o contrato de financiamento de imóvel redigido em braile. 

O atendente Eliéser Oliveira de Souza, de 31 anos, morador de Franca, foi o primeiro contemplado com a novidade.

A Caixa Econômica Federal é a primeira agência brasileira a oferecer o documento. A medida vale para todos os tipos de financiamento, inclusive as compras de habitação popular.

No Brasil, as agências bancárias não são obrigadas a emitirem os documentos em braile. Entretanto, isso pode mudar com um projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional, que determina a opção aos clientes com deficiência.

“Fico muito feliz por representar todos os deficientes, principalmente os visuais, nessa autonomia de poder ler o contrato de uma casa redigido em braile. Fico muito feliz por ser a primeira pessoa nesse pontapé, de mais uma evolução do nosso país”, diz Eliéser.

Para o atendente, que ficou cego há 11 anos após sofrer um acidente de moto, sentir o gostinho da casa própria ficou ainda melhor, pois, além de conquistar o primeiro imóvel, ele conseguiu ler em braile as 135 folhas do contrato de financiamento.

“Tem uma grande importância para mim, porque eu me sinto honrado e uma pessoa abençoada por Deus por participar desse primeiro projeto. Eu vejo que é um grande passo, histórico”, afirma.

Depois da conquista, Eliéser aguarda entrar na casa própria, que deve ficar pronta daqui a um ano. Mas, a felicidade é tão grande, que, segundo ele, é como já tivesse com as chaves do imóvel nas mãos.

“Estou muito feliz e muito ansioso. Vem para mim, casa nova”, brinca.

Fonte: G1



Artigos Relacionados