Monsenhor José Geraldo reza o ​Terço com as sete dores de Nossa Senhora

Será nesta segunda-feira Santa (06) na Paróquia Santo Antônio, transmitida pela página da paróquia no Facebook

Postado em: em Religião

O monsenhor José Geraldo Segantin vai rezar nesta ​segunda-feira Santa, na Paróquia Santo Antônio, o Terço com as sete dores de Nossa Senhora.

A oração será transmitida pela página da paróquia no Facebook, às 20h. Para acompanhar a oração do Terço clique aqui

Terço com as sete dores de Nossa Senhora. 

Rezar o terço é um costume muito vivo entre os católicos, demonstrando sua devoção à Mãe de Deus,  Maria Santíssima. 

Em todas as suas aparições Nossa Senhora sempre pediu que se rezassem o terço. 

A imagem de Nossa Senhora das Dores sempre despertou muita atenção na devoção piedosa dos católicos. 

Essa imagem tem uma espada cravada em seu peito.

Ela se apresenta como conforto para a alma em todas dores dos homens e mulheres de boa vontade.

As sete dores são colhidas dos textos bíblicos ( os Evangelhos).

São elas:

1. A profecia de Simeão a Maria quando leva o Menino Jesus ao templo para consagrá-lo ao Senhor. Ele abençoa a Deus, olha para Maria e faz a profecia: Uma espada de dor atravessará sua alma ó Maria.

2. A fuga para o Egito.

Na calada da noite Maria e José fogem, porque Herodes quer matar o Menino Jesus com medo que roubasse o seu trono.

3. A perda do Menino Jesus.

Eles foram ao Templo cumprir a Páscoa judaica. No retorno não encontram o Menino. Com o coração angustiado procuram Jesus e somente três dias depois vão encontrá-lo entre os doutores da Lei. Jesus tinha apenas 12 anos.

4. O Encontro da Mãe e o Filho no caminho do Calvário. 

Nossa Senhora sofreu tudo que fizeram com maldade para Jesus. Ela o acompanha e num determinado momento consegue chegar perto dele. Jesus sofrido olha com ternura para o coração terno da sua Mãe. 

5. A crucificação de Jesus. 

Maria acompanha com a dor no coração, como Simeão profetizou, a dor de Jesus, recebendo os pregos mas mãos e pés. Uma grande dor toma conta de Nossa Senhora.

6. Nossa Senhora recebe em seus bracos Jesus, agora sem vida humana.

Ao retirarem Jesus da cruz colocam no colo da sua Mãe. É a conhecida imagem da Pietá. A mãe sempre acompanha o filho em todas as circunstâncias. 

7. Maria está presente no sepultamento de Jesus.

Aqui uma dor e uma certeza: o sepulcro será passageiro. 

As dores de Maria Santíssima nos mostram que a Mãe de Deus e Nossa Mãe não fica longe dos seus filhos que enfrentam tristezas, perdas, males.

O pedido principal que fazemos neste terço: livra-nos desse mal que atormenta a todos,o Coronavirus. 


Artigos Relacionados