Mercado do Café em Franca fecha semana com cotação da saca a R$ 460

Franca é referência no mercado interno, nos cafés tipo cereja e também do 4/5 (a R$ 440)

Postado em: em Agronegócios

O mercado brasileiro voltou a ter negócios lentos nesta semana nas principais praças de comercialização do Brasil com preços internos, inclusive, abaixo do custo de produção. 

"Nesse cenário, a liquidez e o volume de negócios envolvendo o arábica estiveram maiores", disse o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da Esalq/USP).

O café tipo cereja descascado registrou maior valor de negociação em Franca  (-1,08%), Guaxupé (MG) (-2,13%), Patrocínio (MG) (-1,08%), ambas com saca a R$ 460,00.

A maior oscilação no dia ocorreu em Poços de Caldas (MG) com saca a R$ 451,00 e queda de 2,17%.

O tipo 4/5 registrou maior valor de negociação no dia em Franca com saca cotada a R$ 440,00 e queda de 3,30%. 

Essa foi a maior oscilação no dentre as praças.

O tipo 6 duro anotou maior valor de negociação em Vitória (ES) com saca a R$ 435,00 – estável. A maior oscilação no dia ocorreu em Lajinha (MG) com valorização de 2,50% e saca a R$ 410,00.


Artigos Relacionados