MAIS SOBRE A MÚSICA

Postado em: - Atualizado em:

“DÉO LOPES – O ETERNO MENINO”


DÉO LOPES. Conheci esse cara através de um grupo de entusiastas da música de Franca, lá pelos idos dos 70. Eram meus amigos compositores Zé Andrade, Waltinho Chimello e Yara, esta também cantora e violonista. E dá-lhe festival ! Um atrás do outro. E muitas conquistas.

Numa dessas edições, encantei-me com “A Baiana”, do Déo, que ganhou também a torcida e mora até hoje na minha memória musical.

Natural de Santo Antônio da Alegria, o menino bateu asas e foi pra Capital, onde conheceu um punhado de grandes talentos e acabou por se enturmar e conquistar um precioso espaço no concorrido e apaixonante mundo da arte musical.

Em 1980, gravou seu primeiro álbum, o LP “Voar”, no qual contou, de cara, com grandes parceiros, como Ronaldo Rayol, Irene Portela, Teco Fuchs e Toninho Veríssimo, com quem assina a canção que dá título ao disco. Seguiram-se: “Canticorda”, em 1982; “Certos Caminhos”, em 1984; “Relação Natural”, em 1988 e “Noite Cheia de Estrelas”, em 1993.

Durante esse período, Déo conheceu e trabalhou com outros tantos grandes músicos da música brasileira, como Zé Gomes, Dércio Marques, Célio Piazza, Helter Maia, Markú Ribas, Mirian Mirah, Antonio Carlos Carrasqueira, Duofel e Ná Ozzeti, além do violonista argentino Juan Falú.

Em 1987. o saudoso cantor Jessé gravou o LP “ETERNO  MENINO”, obviamente contendo a composição do mesmo nome, de autoria de Déo Lopes em parceria com Célio Piazza.

Déo integra ainda o time do “Trem da Viração”, grupo que se apresenta focando a sonoridade e o espírito das festas tradicionais brasileiras, unindo bom humor e dança de forma natural, sem perder a sintonia com o universo da música popular contemporânea.

Vou falar do grupo numa das próximas edições desta coluna.

Déo Lopes comemora 35 anos de carreira percorrendo o Brasil com o concerto “Orgânico”, um trabalho acústico no qual faz uma reflexão de sua trajetória e enfatiza as melhores composições de sua carreira.

Acordeon, violão, bandolim, cavaquinho, viola de 10 cordas, flauta transversal, violoncelo e baixolão são os instrumentos utilizados pelos músicos incumbidos de criarem sonoridade e clima muito especiais para o concerto, que tem arrancado aplausos e elogios onde é apresentado.

Déo Lopes é convidado constante em diversos programas de TV, principalmente no consagrado Sr. Brasil, de Rolando Boldrin.

CANDEEIRO

Nossa primeira apresentação no “Candeeiro Pizza Bar” nos encheu de satisfação. Casa cheia.

Um dos mais conceituados estabelecimentos noturnos de Franca, capitaneado pelo competente Marcílio Garcetti, o “Candeeiro” é uma ótima pedida para suas horas de lazer.

E, às 5ªs feiras, a partir das 20h, apresentamos nosso show “Releituras”,  quando revisitamos e interpretamos à nossa maneira, consagrados sucessos nacionais e internacionais, passando por Tom Jobim, Tim Maia, Paulinho da Viola, Bee Gees, Elvis Presley, Louis Armstrong, Elton John, Beatles, Raul Seixas, Belchior,  e muitos, muitos outros.

Não abrimos mão de sua presença !

O “Candeeiro Pizza Bar” fica na Av. Dr. Antonio Barbosa Filho, nº 809 – Jardim Francano

Franca – SP.

BENY CHAGAS MUSIC SHOW

Mais Brasil FM – 101,3 Mhz – e www.radiomaisbrasil.com - Franca, SP : sábado e domingo às 10h.

radionovaip.com.br – Ribeirão Preto - SP : diversos horários aleatórios

ponto1000.com – Ribeirão Preto - SP : Sábado 10h e 22h e Domingo 12 e 22h.

portalmusicalfranca.com.br – Franca – SP : Domingo a Sexta 18h e Sábado 19h.

Rádio Viva Manaus – Web Rádio Studio Y – Manaus – AM – Domingo 18h (20h Brasília).    

Envie suas sugestões para inclusão nos roteiros de programação: (16) 3017-2030, whats app

(16) 9 8192-6052 e-mails:benychagas@gmail.com/  benychagas@benychagas.com.br

*Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.


Artigos Relacionados