Hospital São Joaquim altera rotina de partos para proteger as gestantes

Até o momento não há relato de que mulheres grávidas sejam mais suscetíveis ao coronavírus (Covid-19)

Postado em: em Saúde

A Unimed Franca e o São Joaquim Hospital e Maternidade estão tomando todos os cuidados possíveis para que a nova mamãe não tenha nenhum imprevisto no seu momento tão esperado: o parto.

Segundo informações dos órgãos competentes, até o momento não há relato de que as mulheres grávidas sejam mais suscetíveis ao novo coronavírus (Covid-19). 

Entretanto, durante a gestação, algumas alterações naturais no organismo podem favorecer a queda da imunidade da gestante, e por essa razão elas não devem se colocar em situações de risco.

Como será o acesso das gestantes ao hospital no dia do parto?

O acesso das gestantes ao Hospital São Joaquim segue o fluxo normal. Aquelas com partos agendados deverão dar entrada em suas internações normalmente, no Setor de Internação. As gestantes em trabalho de parto podem acessar o hospital através da Unidade de Emergência.

A gestante poderá levar fotógrafo para acompanhar o parto?

Não. Como o Hospital São Joaquim tem centenas de pacientes internados, entendemos que precisamos protegê-los de qualquer ameaça. E isso vale também para nossos bebês recém-chegados e tão sensíveis. Por isso, estamos controlando os acessos ao hospital.

Doula poderão acompanhar a gestante?

O Hospital São Joaquim, devido as contingências contra o vírus Covid-19, está limitando o acesso a maternidade/centro obstétrico a somente uma pessoa, ficando a cargo da gestante a escolha deste acompanhante.

 Plano de Parto será respeitado?

O Hospital São Joaquim entende que o Plano de Parto é uma forma da gestante entrar em contato com os procedimentos relacionados com o parto e o nascimento do bebê, atentando para o diálogo prévio com a equipe que irá assisti-la. Por isso, o hospital o seguirá da forma mais fiel possível.

Como saber o melhor momento de ir para o hospital?

A gestante deverá conversar com seu médico para que ele indique quando procurar o atendimento no Hospital.

O pai do bebê poderá acompanhar o parto?

Sim. Porém, devido as contingências contra o vírus Covid-19 e por medidas de segurança, o Hospital São Joaquim está limitando o acesso à maternidade/centro obstétrico a somente uma pessoa, ficando a cargo da gestante a escolha deste acompanhante e, desde que sejam respeitados todos os protocolos de assepsia e controle

A gestante poderá ter acompanhante no quarto?

Sim. Desde que sejam respeitados todos os protocolos de assepsia e controle. Além disso, está limitado a somente um acompanhante por paciente, com possibilidade a três trocas diárias.

Mãe e bebê poderão receber visitas?

Na maternidade, as restrições também são necessárias. Sendo assim, as visitas estarão suspensas por tempo indeterminado. 

Como continuar o pré-natal?

As gestantes devem procurar seu médico para a realização habitual do pré-natal, afinal, este acompanhamento é de extrema importância para a saúde da mamãe e do bebê.

Haverá curso para gestantes nos próximos meses?

Não. Seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde e para evitar aglomerações, os cursos para gestantes, assim como outros eventos da Unimed Franca, estão suspensos por tempo indeterminado.

Em caso de dúvidas ou situações não emergenciais, quem a gestante deve procurar?

A pessoa mais indicada para esclarecimentos de dúvidas é sempre o médico que está acompanhando a gestante no pré-natal. 

Porém, a Unimed Franca disponibiliza o canal 0800 940 1977, que funciona 24 horas por dia, 7 dias na semana, com profissionais de saúde que podem auxiliar nas dúvidas das gestantes e das mamães.

Outro canal é o Pronto Socorro Online, com consultas por telemedicina, de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, que podem ser agendadas pelos canais (16) 3711 6611, 3711 6792 ou WhatsApp (16) 99322 2340 - opção 1.


Artigos Relacionados