Hemocentros de Franca e Ribeirão necessitam de mais doações de sangue

Bolsas atendem a milhares de pacientes na região; comerciante é recordista em doação

Postado em: em Saúde

Os hemocentros da região, de Franca e Ribeirão Preto, fazem constantes campanhas solicitando mais doações de sangue nas unidades que, juntas, são responsáveis pela coleta e distribuição de bolsas para centenas de cidades e milhares de pacientes de hospitais de todo porte.

As campanhas são constantes e as motivações para doar também, principalmente por se tratar de um ato de solidariedade que pode salvar vidas. E não faltam exemplos de pessoas que fazem questão de colaborar com os hemocentros.

O comerciante Laudir Antonio Fiorotto é um campeão quando o assunto é doação de sangue. Não só porque já doou 55 vezes, mas também porque incentivou os filhos a seguirem o seu exemplo.

Assim como o pai, Rodrigo, Renato e Ricardo também são doadores fidelizados. Os dois primeiros começaram a doar em 2007, e Rodrigo, em 2002. Ao todo, a família Fiorotto doou 129 vezes.

Para se ter ideia do que isso representa, basta multiplicar esse número por três e chegamos a 387 transfusões, com o sangue doado pelos Fiorotto. Cada bolsa atende até três pacientes.

A última doação de Laudir foi em dezembro de 2017. “Volto para doar em março”, afirma. Esse ato aconteceu pela primeira vez em setembro de 2001. De lá para cá não parou mais.

Renato doou 35 vezes, Ricardo 29 vezes e Rodrigo 10 vezes. Todos, de acordo com os dados do Hemocentro, já podem doar em março e assim ajudar mais 12 pacientes, que eles sequer conhecem.

O doador de sangue deve ter idade entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e estar em boas condições gerais de saúde. Basta comparecer ao hemonúcleo com documento de identidade com foto. Não é necessário jejum - apenas evitar refeições muito pesadas (gordurosas) nas três horas antes da doação. 

O processo todo para a doação -- desde a triagem inicial até a retirada efetiva do sangue -- leva, em média, de 40 a 45 minutos. Para saber mais, o fone do Hemocentro é o 3402-5000.


Artigos Relacionados