​Gilson de Souza faz "live" e pede ajuda à população para combater pandemia

Gilson falou dos investimentos, medidas adotadas e as que estão em andamento para ampliação dos leitos

Postado em: em Política

Autoridades municipais estiveram reunidas na tarde dessa terça-feira na Prefeitura.

Durante uma ‘live’ transmitida pelas redes sociais (Instagram e Facebook), foram levadas ao público diversas informações relativas à situação da pandemia do Coronavírus.

Gilson falou dos investimentos, medidas adotadas e as que estão em andamento para ampliação dos leitos na cidade e região. 

Durante cerca de uma hora, tanto o prefeito Gilson de Souza como o secretário de Saúde, José Conrado Dias Netto, e o médico Homero Antônio Rosa Júnior, da Vigilância Epidemiológica, compartilharam informações.

O destaque da fala foi para as solicitações de aumento de 20 novos leitos de UTI na Santa Casa (referência SUS), formalizado no final de semana ao Governo do Estado e com resposta positiva.  

Antes que isso ocorra, a Prefeitura fica impedida de comprar leitos da rede privada. Deve primeiro se utilizar de toda a estrutura disponibilizada pelo SUS.

Também foi destacado o diálogo mantido com os hospitais privados, Unimed/São Joaquim e Regional, que estão aumentando as ofertas de leitos: no primeiro caso, de 6 para 10, e o segundo passa a colocar a disposição dos usuários 5 leitos. 

Tanto o prefeito quanto o secretário de Saúde reforçaram o pedido à população para que faça o isolamento social, fique em casa, lave as mãos com água e sabão e use máscara de proteção toda vez que sair de casa. 

Conrado Netto destacou a elevação dos registros nos últimos dias e que Franca está no epicentro da pandemia.

Foi enfatizada a dificuldade vivida no final de semana, com as vagas em seu limite nos hospitais locais e se isso voltar a ocorrer a regulação poderá ser feita com a utilização de leitos em hospitais da região, no caso Ituverava e São Joaquim da Barra. 

O prefeito disse que é preciso que todos se esforcem e colaborem, destacando e agradecendo os esforços das equipes de saúde que estão na linha de frente dos atendimentos.

“Ninguém faz nada sozinho, tudo é equipe, a população precisa estar junto nessa guerra contra o vírus”, disse.

Esse tipo de encontro, segundo o prefeito, passará a ser realizado semanalmente, com informações sobre os principais temas envolvendo as diferentes áreas da administração municipal.


Artigos Relacionados