Garzón, uma vinícola uruguaia entre as melhores do mundo

Postado em:

Em agosto de 2018 fiz um post falando sobre a qualidade dos vinhos produzidos na Bodega Garzón, situada no Uruguai.

Pois bem, esta vinícola foi considerada pela revista americana Wine Enthusiast a melhor vinícola do Novo Mundo em 2018.

Um reconhecimento que só faz aumentar a já conhecida fama desta vinícola, onde se produz com muita qualidade e respeito ao meio ambiente.

A Vinícola é um empreendimento do bilionário argentino Alejandro P. Bulgheroni, que fez sua fortuna no ramo de petróleo. Além dos vinhedos, a propriedade ainda produz, azeite, leite, mel e oleaginosas.

Além do respeito a natureza, onde foram priorizados a sustentabilidade como o uso de telhados verdes, captação de água de chuva para irrigação, eainda o uso da gravidade na produção do vinho, a vinícola conta com tecnologia de ponta.

Segundo o próprio site da vinícola:

O prédio de 19.050 m² possui 2,2 milhões de litros de capacidade e será a primeira adega sustentável fora de Norte América com certificação LEED (Leadership in Energy & Environmental Design), seguindo as rigorosas exigências do United States Green Building Council. Sem distinção de uso e funcionalidade, a Certificação incluirá a totalidade de sua instalação, o qual é inédito em nível mundial.

Além desta vinícola, o senhor Bulgheroni ainda investiu em produção de vinhos em Bordeaux na França e na Toscana na Itália, ainda com projeto de produzir vinhos também na Espanha.

A revista veja de 9 de janeiro de 2019, fez uma ótima matéria sobre este produtor, onde publica também a avaliação de alguns dos principais rótulos, como o Balastro, vinho TOP da Vinícola, o Tannat Single Vinyard e o o Albariño Reserva, este que também falei quando estive no lançamento do Guia Descorchados 2018.

Já falei da outra vez e reforço...
Quando falo que bons vinhos são produzidos por pessoas sérias, este é um bom exemplo.

Aproveite para conhecer e degustar os vinhos de uma das melhores vinícolas do mundo.




Artigos Relacionados