Franca tem pior índice do Estado, com 7,1 UTIs para cada 100 mil habitantes

Região tem a segunda pior taxa de ocupação no estado e o pior índice de leitos para cada 100 mil habitantes

Postado em: em Saúde

Os 37 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) anunciados pelo governo paulista nesta sexta-feira (10) para a Diretoria Regional de Saúde 8 serão instalados na Santa Casa de Franca, disse a Secretaria de Estado da Saúde por meio de uma nota.

A chegada dos respiradores deve desafogar o hospital, que atingiu 100% de ocupação nos 17 leitos nessa semana. 

Uma decisão da justiça chegou a proibir a Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde (Cross), da pasta estadual, de enviar pacientes com suspeita ou confirmação do novo coronavírus por conta da lotação da unidade.

O secretário municipal de saúde José Conrado Netto acredita que com a abertura dos novos leitos previstas para os próximos dias, toda a regional pode começar a apresentar índices melhores e buscar avanços no Plano São Paulo.

Plano São Paulo

De acordo com dados apresentados pelo estado durante a atualização das fases do Plano São Paulo, a DRS de Franca tem a segunda pior taxa de internação do estado, com 85% das vagas ocupadas. 

A região também não vai bem na análise de leitos para cada 100 mil habitantes. É o pior índice de São Paulo, com 7,1 vagas.

Por conta desses dados, o governo paulista decidiu manter a DRS 8 na fase vermelha do plano de retomada econômica. 

Assim, as regras permanecem as mesmas da divulgação do final de junho e somente os serviços considerados essenciais têm autorização para funcionar na cidade.

Franca (DRS 8)

  • Aramina
  • Buritizal
  • Cristais Paulista
  • Franca
  • Guará
  • Igarapava
  • Ipuã
  • Itirapuã
  • Ituverava
  • Jeriquara
  • Miguelópolis
  • Morro Agudo
  • Nuporanga
  • Orlândia
  • Patrocínio Paulista
  • Pedregulho
  • Restinga
  • Ribeirão Corrente
  • Rifaina
  • Sales Oliveira
  • São Joaquim da Barra
  • São José da Bela Vista

Artigos Relacionados