Morre Ary Balieiro, prefeito de Franca por seis anos, com grandes realizações

Durante seus dois governos Franca viveu um período de prosperidade, com muitas obras para a população

Postado em: em Falecimentos

​Faleceu no começo da noite de hoje (11) o ex-prefeito Ary Balieiro, com 88 anos.

Ary vinha sofrendo perdas repentinas de memória, mas por vários momentos era um homem de muitas lembranças.

Arquiteto e urbanista de formação, projetou o primeiro prédio de Franca, o Franca do Imperador, na esquina das ruas General Telles e Monsenhor Rosa, no final dos anos 50.

Foi um idealista de primeira linha, com muitos projetos particulares e depois com várias iniciativas na Prefeitura de Franca.

Sempre convidado para fazer parte da política, aceitou ser candidato a vereador em 1976 e se elegeu pelo Grupo Novo, sem nenhuma dificuldade.

Depois foi candidato a vice-prefeito na chapa de Sidnei Rocha e durante esse mandato assumiu a Secretária de Planejamento Urbano. 

Com a ida de Sidnei para a Vasp, Ary Balieiro assumiu a prefeitura e deu um grande impulso às várias obras, preocupando-se com o urbanismo.

Vencido o mandato voltou para as atividades profissionais e disputou a Prefeitura quatro anos mais tarde, ganhando novamente as eleições, governando Franca de 93 a 96.

Ary foi casado com Luzinete Balieiro, falecida. Com ela teve os filhos Ary Júnior, Bel Balieiro e Biel Balieiro e vários netos.

Depois se casou em segundas núpcias com Maria Inez Archeti.

Seu velório acontecerá na Câmara Municipal de Franca, por volta das 22h30 de hoje. O sepultamento está marcado para amanhã, 12, às 16h, no Cemitério da Saudade, no centro. 

O presidente da Câmara Municipal de Franca, o vereador Donizete da Farmácia, presta profundos pêsames aos familiares e amigos, em nome de todos os parlamentares e servidores da Câmara. "Perdemos um grande político e um grande ser humano. Com certeza, ele fará muita falta à sociedade francana", lamentou Donizete. 



Artigos Relacionados