Médico e ex-prefeito José Lancha Filho será sepultado neste domingo, 28, às 10h

Despedida do médico e político será realizada no Cemitério Jardim das Oliveiras, em Franca

Postado em: em Falecimentos

Após intensa manifestação de carinho, respeito e condolências pelo falecimento do médico e ex-prefeito de Franca, José Lancha Filho, ocorrido na manhã de sábado último, 27 de julho, em Franca, a família programou para às 10h deste domingo, 28 de julho, seu sepultamento, que ocorrerá no Cemitério Jardim das Oliveiras.

Lancha faleceu aos 88 anos e, de acordo com sua família, sua saúde já estava debilitada por conta de um AVC e, mesmo sendo encaminhado ao Hospital Regional, não resistiu a uma parada cardíaca e faleceu. Segundo sua filha, Flávia Lancha, o pai entrou consciente no hospital, mas o caso se agravou muito rápido.

José Lancha Filho chegou a ser homenageado no último dia 09 de julho durante a cerimônia de comemoração dos 50 anos do Lanchão, estádio que leva seu nome. 

Emocionado durante toda a homenagem, Lancha Filho fez questão de relembrar todo o esforço empenhado na construção em tempo recorde do estádio na década de 70.

Um pouco de sua história

José Lancha Filho foi prefeito de Franca de 1969 a 1973. Durante o seu governo, foi construído o estádio Lanchão, num prazo de apenas 83 dias e com o envolvimento de toda a comunidade. Inclusive no último dia 9 de julho, o Lanchão completou 50 anos com homenagem especial a ele.

Foi no seu governo que o Estádio Lancha Filho foi construído no prazo de apenas 83 dias, com o envolvimento de toda a comunidade francana.

Entre as ações durante o seu governo está também a instalação na cidade do Corpo de Bombeiros, além da criação da Francal, feira que ajudou a expandir o potencial calçadista da cidade. 

Também incrementou a economia com inúmeras atividades. Lancha Filho sempre foi um homem de ação. Por conta disso, foi presidente da Francana, o que possibilitou a manutenção do clube funcionando. 

Casado com Ísis, José Lancha teve os filhos Flávia, empresária agrícola; Fernanda, que atuava ao lado do pai em seu consultório há mais de 20 anos; e Pedro José, advogado.


Artigos Relacionados