Estudantes da rede estadual de SP receberão material pedagógico

Kits, que terão apostilas de português e matemática, deverão ser entregues a partir do dia 27 de abril

Postado em: em Educação

Os 3,5 milhões de estudantes da rede estadual de educação de São Paulo vão receber, a partir do dia 27 de abril, kits com material pedagógico e de orientação para o período de suspensão das aulas por causa da quarentena. 

O material contém apostilas de matemática e de língua portuguesa, gibis da Turma da Mônica, livros paradidáticos e manual de orientações para a família sobre como estudar em casa no período de suspensão das aulas presenciais.  

Segundo o governador de São Paulo, João Doria, o investimento nos kits é de R$ 19, 5 milhões. "O material contempla informações aos pais, aos seus filhos e contribui para o estudo à distância", disse Doria.

Município

Os estudantes de mais de 470 redes municipais do estado também serão contemplados com o manual de orientação aos pais. 

"O objetivo é ajudar famílias e alunos durante este período, para que sigam aprendendo mesmo em casa e se mantenham motivados a estudar”, disse Rossieli Soares, secretário de Estado de Educação.

O governo ainda está estudando como distribuir os kits. Uma das estratégias será a de disponibilizá-los nas escolas e os alunos deverão retirá-los por meio de um escalonamento, que será feito a partir do dia 27 de abril. 

Já para os alunos que moram em áreas rurais, o material seria entregue por meio de transporte escolar.

Kits

Cada estudante dos anos finais do ensino fundamental e do ensino médio receberá um kit com quatro apostilas: de língua portuguesa, de matemática, com orientações gerais e sobre a utilização do Centro de Mídias SP. Serão impressos 13 milhões de materiais.

Já os estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental receberão kit com quatro apostilas, além de um livro, um gibi da Turma da Mônica e uma ficha de leitura. Ao todo serão 1,2 milhão de unidades de livros e gibis.

Calendário

As aulas na rede estadual de São Paulo estão suspensas desde o dia 23 de março como medida de controle à propagação do coronavírus. 

A Secretaria de Educação Estadual antecipou o período de férias e o recesso escolar e as aulas, que contarão como dias letivos, recomeçarão no dia 27 de abril.

De 22 a 24 de abril, professores e todos os servidores das 5,1 mil escolas estaduais vão receber formação e orientações sobre a forma de atuação durante o período em que as aulas estiverem suspensas. “A secretaria vai emitir algumas normas que vão regulamentar o andamento do ano letivo”, disse o secretário.


Artigos Relacionados