Escola “Professor Israel Niceus Moreira” de Franca terá ação de segurança

Alunos da escola pública conhecerão o trabalho da Arteris Autovias, da São Francisco Resgate e da PMRv

Postado em: em Trânsito

A Escola Estadual “Professor Israel Niceus Moreira”, de Franca, receberá, nesta quinta-feira (21/03), uma visita especial. Das 8 às 16 horas, os cerca de 600 alunos poderão conhecer mais de perto o trabalho realizado pela Arteris Autovias, empresa integrante do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo. Esta será a primeira atividade do tipo realizada na unidade, que iniciou seu trabalho junto à concessionária em 2019.

A analista de Sustentabilidade, Gisele Fabbri, iniciará a ação falando aos alunos sobre valores e atitudes – em ruas, avenidas, rodovias e no convívio social – e apresentará estatísticas sobre o trânsito. Ao fim do dia, um dos momentos mais aguardados: a equipe de APH (Atendimento Pré-Hospitalar) da São Francisco Resgate fará uma simulação, tendo como “vítima” um dos participantes.

A viatura da concessionária também estará disponível para quem quiser conhecê-la por dentro. “A gênese dos nossos programas educacionais trata da humanização do trânsito e de valores, em todos os públicos, faixas etárias e estratos sociais. Por isso, poder promover uma visita tão rica de informações como essa é uma oportunidade única para reafirmar esse compromisso”, afirma a coordenadora de Sustentabilidade da Arteris, Maria José Finardi.

Sobre o Projeto Escola Arteris

Há 18 anos, mais de 310 mil alunos e 17,8 mil professores de 666 escolas da rede pública de ensino e APAEs de todo o país são beneficiados pelo Projeto Escola Arteris, iniciativa que parte da premissa de que a educação é o melhor caminho para humanizar o trânsito, torná-lo mais seguro e criar condições para o respeito à vida nas estradas e cidades. O programa envolve alunos da Educação Básica, ensinos Fundamental e Médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos) de 155 municípios vizinhos às estradas administradas pela Arteris nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais.


Artigos Relacionados