​DER recupera erosão no acostamento próximo ao posto da Polícia Rodoviária

O investimento total na obra é de R$ 138.540,87 e o período da recuperação previsto é de 02 meses

Postado em: em Trânsito


A empreiteira VQuattro Engenharia, terceirizada pelo DER – Departamento de Estradas e Rodagens da Secretaria de Logística e Transportes do Governo do Estado iniciou na manhã de quarta-feira (18/09) os serviços de recuperação da erosão no acostamento (que ameaçava a pista no sentido Rifaina a Pedregulho) no km 439+500 metros da Rodovia Cândido Portinari. 

O investimento total na obra é de R$ 138.540,87 (cento e trinta e oito mil, quinhentos e quarenta reais e oitenta e sete centavos) e o período da recuperação previsto é de 02 meses (embora a previsão de início já não tenha sido cumprida, pois constava em contrato, o último dia 09/09, segunda-feira da semana passada. 

Quanto ao mesmo problema de erosão que ocorreu nas proximidades do trevo de acesso ao centro da cidade (próximo ao Posto Silvão) não há informações de quando a obra será realizada. 

Segundo o responsável pela empresa que acompanhou o início dos serviços na manhã desta quarta-feira “por enquanto só está contratada esta parte da obra”, mostrando que é provável que a segunda obra deverá integrar outro processo licitatório por parte do DER. 

A demora de providências por parte do DER para solucionar um problema que foi se agravando com o passar dos meses e que poderia, a qualquer momento, causar um grave acidente, talvez com consequências trágicas foi motivo de viagem do Prefeito Dirceu Polo Filho – Dirceuzinho – ao DER de Ribeirão Preto.

Lá, em audiência, ele cobrou uma ação do DER e de manifestações de vereadores à Câmara de Pedregulho, como o vereador Eurípes Aparecido Porto – Cidinho – que enviou Requerimento ao DER (respondido que o procedimento licitatório seria feito) e do Presidente Rafael Henrique Oliveira Uehara – Rafa do Cipanga, que se manifestou na Câmara sob os riscos de acidentes no local. 

Além de Cidinho e Rafa, o vereador Fabrício Ferreira Barbosa – Fabrício do Pesponto – alegou ter impetrado com pedido de Ação Civil Pública junto ao Ministério Público, através da Promotoria Pública do Fórum da Comarca de Pedregulho.


Artigos Relacionados