Delfinópolis faz festa para receber projeto da ponte sobre a represa de Furnas

Prefeitura convida a população para receber o projeto feito por Furnas. Será às 11h no coreto da praça

Postado em: em Trânsito

​O município de Delfinópolis (MG) está dando nesta sexta-feira, dia 3 de janeiro, o segundo passo para transformar em realidade um sonho antigo de sua população de pouco mais de 7 mil habitantes. 

A Prefeitura da cidade está convidando a população para comparecer às 11h no coreto da praça Manoel Leite Lemos.

Nesse horário será apresentado para a população o projeto da construção da ponte sobre a represa de Furnas.

Hoje, Delfinópolis é praticamente uma cidade isolada.

As únicas formas de se chegar ao município turístico, que fica aos pés da Serra da Canastra, são 1) por meio da travessia de balsa sobre o Rio Grande, chegando pela LMG-856, por Cássia (MG);

ou 2) pela BR-464, que apesar de ser uma rodovia federal, é de terra e em dias de chuva fica praticamente intransitável. 

A construção da ponte sobre os 1,8 km que separam o Rio Grande de uma margem à outra também vai acabar com um problema de ordem financeira.

Hoje, para operar as balsas sobre o rio, Furnas gasta cerca de R$ 1 milhão por ano.

O projeto da construção da ponte foi adiado diversas vezes, mas em maio deste ano o Jornal da Franca divulgou que a empresa estava acelerando a conclusão do projeto.

Balsa cheia e escoamento agrícola

Além de ser um destino turístico por causa da Serra da Canastra, Delfinópolis é hoje o segundo maior produtor de bananas de Minas Gerais e o maior produtor de soja do Sul de Minas. 

Grande parte do escoamento agrícola é feita pelas mesmas balsas por onde passam turistas e moradores. Quem quer usar a balsa paga R$ 23 quando sai da cidade. Moradores de Delfinópolis têm desconto


Artigos Relacionados