Cooperativas do Sul de Minas se preocupam com roubo de café armazenado

Alternativa é instalar pontos de coleta dentro das cooperativas, divididos em microrregiões

Postado em: em Agronegócios

Por conta de constantes registros de roubo de café armazenado em propriedades rurais, cooperativas do Sul de Minas apostam em alternativas para guardar o produto. 

Uma delas é a instalação de pontos de coleta dentro das cooperativas, divididos em microrregiões. 

A ideia é evitar que criminosos sejam atraídos pelo grande volume de café no estoque das propriedades rurais.

Segundo o portal de Notícias G1, uma das cooperativas do Sul de Minas, localizada em Três Pontas, começou a trabalhar com pontos de coleta em cinco cidades próximas: Ilicínea, Córrego do Ouro, Coqueiral, Santana da Vargem e Santo Antônio do Amparo.

A preocupação da Polícia Militar é evitar ocorrências de roubo de café na região.

“Não só o risco na mão de marginais e na prática destes crimes, mas também pelo prejuízo de perder toda a carga de café simplesmente por não retirar essa carga da própria propriedade. Agora, os estoques estão em lugar seguro, que é a cooperativa”, explica o sargento da Polícia Militar Eli Torres.


Artigos Relacionados