Como parar a diarreia mais rápido para acabar com o terrível desconforto

A diarreia dura de 3 a 4 dias, porém, caso dure mais dias ou surjam outros sintomas, é importante ir ao médico

Postado em: em Saúde

​Para parar a diarreia rapidamente, é recomendado consumir alimentos que sejam capazes de segurar o intestino, além de tomar bastantes líquidos, para repor a água e os sais minerais perdidos.

Também é indicado consumir probióticos, pois ajuda a repor a microbiota intestinal mais rapidamente, parando a diarreia.

Geralmente, a diarreia dura de 3 a 4 dias, porém, caso dure mais dias ou surjam outros sintomas, é importante ir ao médico, pois pode se tratar de uma infecção que deve ser tratada com o uso de medicamentos.​

O que comer

É possível parar a diarreia por meio da alimentação e, por isso, é recomendado comer frutas e legumes bem cozidos, como batata, abobrinha, arroz, maçã ou banana, além de alimentos ricos em água, como gelatina ou sopa de legumes, por exemplo. 

É recomendado também tomar bastante líquidos, como água, água de coco ou soro caseiro, pois repõem os sais minerais perdidos na diarreia. 

A alimentação ajuda a segurar o intestino, evitando, assim, a diarreia. No entanto, não é aconselhado tentar parar a diarreia tomando remédios como Imosec, por exemplo.

Porque em alguns casos a diarreia é uma tentativa do corpo de expulsar algum microrganismo presente no sistema digestivo. O uso deste tipo de medicamento deve ficar reservado para aconselhamento médico. 

Pode ser recomendado, porém, tomar probióticos durante a diarreia, pois ajuda a repor mais rápido a microbiota intestinal.

O que fazer para parar a diarreia

​Algumas dicas úteis para parar a diarreia mais rápido são:

  1. Tomar o soro caseiro várias vezes ao dia, pois esse soro é capaz de repor a água e os sais minerais perdidos durante a diarreia. 
  2. Comer 1 maçã sem casca, 1 banana ou 1 goiaba;
  3. Comer um prato de mingau de maisena;
  4. Tomar Yakult ou outro leite fermentado;
  5. Comer purê de batata com frango desfiado e arroz bem cozido;
  6. Tomar chá preto, chá de camomila ou chá de folhas de goiabeira;
  7. Evitar alimentos gordurosos, ovos, chocolate, café, bebidas alcoólicas, pois podem irritar o intestino e favorecer a diarreia.

Uma outra boa dica para regular o intestino é comprar numa farmácia um repositor da flora intestinal, como o Floratil, por exemplo.

Assim, as bactérias que pertencem à microbiota intestinal são repostas, favorecendo a recuperação da pessoa e diminuição das crises de diarreia.

O que pode causar diarreia

A diarreia pode se causada por bactérias ou por vírus presente nos alimentos que ingerimos e pode ser acompanhada de febre. 

Quando pode ser identificada a presença de sangue nas fezes, recebe o nome de disenteria, que normalmente é causada pelas bactérias Salmonella sp., Shigella sp. e Campylobacter sp.

Além das infecções, que recebem o nome de gastroenterites ou intoxicação alimentar, a diarreia pode acontecer como consequência do uso de algum medicamento.

Principalmente antibióticos, ou devido a alguma alergia ou intolerância alimentar, em que sempre que a pessoa come determinado alimento, apresenta diarreia. 

O nascimento dos primeiros dentes do bebê também podem causar diarreia e por isso quando um bebê de 6 a 8 meses apresenta diarreia mas não tem febre, os pais podem olhar a gengiva para verificar se está nascendo algum dentinho. 

Em caso de dúvida, é importante levar o bebê ao pediatra para que possa ser identificada a causa da diarreia.

Quando ir ao médico

É aconselhado ir no médico quando a diarreia é muito forte, muito frequente, está acompanhada de febre ou intensa dor abdominal. 

Se a diarreia não passar em 2 dias deve-se ir no médico pois pode ser necessária o uso de medicamentos mais específicos, uma vez que a diarreia pode ser sintoma de algumas doenças que necessitam de tratamento.

Quando a pessoa apresenta frequentes casos de diarreia deve marcar uma consulta com um gastroenterologista, porque pode estar doente ou ter alguma alteração no intestino, que eve ser tratada. 

Além disso, diarreia intensa pode causar outros problemas como as fissuras anais, que devem ser tratadas usando pomadas cicatrizantes.

É possível também controlar a diarreia com o uso de remédios caseiros, como o chá de camomila e o xarope de maçã, por exemplo, mas é importante que o consumo seja feito conforme orientação do médico.


Artigos Relacionados