Como desintoxicar após as festas

Postado em: - Atualizado em:


​Se você exagerou na comilança das confraternizações de final de ano, é hora de correr atrás do prejuízo com um mega detox!

Agora é o momento de dar uma trégua para o nosso corpo e otimizar o trabalho dos nossos órgãos digestivos.

Pensando nisso, separei ótimas dicas de detox para entrar no novo ano, no mínimo, tirando o peso da consciência.

Para melhorar o trabalho do estômago:

  • Evitar ingerir gorduras e alimentos sólidos. Isso facilita a digestão. O ideal é uma dieta líquida ou pastosa por 1 ou 2 dias, dependendo do mal estar sentido.
  • Chá de espinheira santa, hortelã, gengibre ou erva doce, todos favorecem o processo digestivo.
  • Adicione gengibre nos sucos e caldos, pois é uma raiz altamente digestiva e que acelera o metabolismo.

Para melhorar o trabalho dos intestinos e rins:

  • Aumente o consumo de água, chás e sucos. Ex.: água de coco, suco de abacaxi com hortelã, sucos verdes com maçã, aipo, gengibre e couve, chás de ervas como cavalinha, hibisco e capim limão.
  • Chás de dente de leão, cavalinha, hibisco, erva doce ou cabelo de milho ajudam o corpo a desinchar, por serem ótimos diuréticos naturais.
  • Suco de maçã com couve e aipo tem um efeito detoxificante, energético e super diurético.
  • Quanto mais fibra maior será a saciedade e a eliminação dos excessos ingeridos nas festas: Psyllium, farinha de maracujá, farinha de banana verde, linhaça, funcionam como uma vassoura no sangue, reduzindo o açúcar circulante em excesso, além de dar saciedade e ajudar no funcionamento intestinal e na eliminação de toxinas.
  • Prefira ingerir alimentos com maior teor de líquidos na composição, como: alface, abacaxi, melancia, abobrinha e pepino. Perdemos muita água com a ingestão de bebidas alcoólicas e podemos aproveitar essas frutas e hortaliças para repor de maneira prazerosa nossos níveis de hidratação corporal.

Para melhorar o trabalho do fígado:

  • Aumente o consumo de folhosos e legumes que favoreçam a detoxificação: brócolis, couve flor, couve, repolho, brotos e folhas de mostarda. Que estimulam enzimas do fígado que são responsáveis pela eliminação de toxinas de maneira mais rápida.
  • Os folhosos de sabor mais amargo, como rúcula e agrião, ativam o funcionamento do fígado e da vesícula biliar.
  • Frutas cítricas também favorecem o detox do organismo. Tome pela manhã, ainda em jejum, 1 xícara de chá de água morna com limão espremido. Acrescente uma raspa de gengibre, potencializando os efeitos de purificação e eliminação de excessos.
  • Durante 1 ou 2 dias, elimine alimentos que exijam muito trabalho do sistema digestivo: qualquer tipo de carne (vermelha, frango ou peixe), por serem proteínas animais e fonte de gorduras saturadas longas, café preto, pão, açúcar, queijo, leite ou qualquer tipo de produto industrializado. Todos esses alimentos necessitam de mais força do aparelho digestivo e do funcionamento do fígado em força total.

Esta coluna é semanal e atualizada às segundas-feiras