Cardamomo: saiba usar essa especiaria perfumada, digestiva e refrescante

Uma das especiarias mais caras do mundo, o cardamomo é usado para aromatizar diversos pratos

Postado em: em Gastronomia

O cardamomo é uma especiaria muito usada na culinária indiana, para aromatizar diversos pratos, inclusive sobremesas. 

É considerado, ao lado do açafrão verdadeiro e da baunilha, um dos temperos mais caros do mundo. 

Por aqui, encontra-se o cardamomo vendido em bagas, com as sementinhas pretas aglomeradas dentro delas, ou em pó. 

Prefira sempre comprar o cardamomo em bagas, pois dura mais tempo e seu aroma e sabor são mais potentes. 

As sementes pretas do cardamomo são extremamente aromáticas: tente morder numa delas para sentir o perfume intenso que solta. 

É uma especiaria considerada quente e levemente picante, como a canela, por isso cai tão bem em pratos para aquecer nos dias frios.

Em termos de benefícios, o cardamomo é muito usado tradicionalmente para refrescar o hálito e dar a sensação de que a boca está limpa. Basta mascar algumas sementinhas para sentir a ação. 

Na Índia, até hoje muitas pessoas mantêm esse hábito. É considerado também antisséptico e digestivo, além de rico em antioxidantes, que favorecem a circulação sanguínea e protegem a saúde cardiovascular. 

De origem asiática, o cardamomo é parente do gengibre e seu aroma rico deve-se à boa quantidade que possui de compostos aromáticos, como terpenos de características florais, frutadas e doces, e também o cineol, que lembra o perfume do eucalipto, bem penetrante.

É usado em pequenas porções nos preparos, para liberar seu sabor e perfume. 

Assim, contribui com fibras, que favorecem o sistema digestório; minerais como cálcio e fósforo, bons para a saúde dos ossos e dentes; magnésio, que ajuda o sistema nervoso a funcionar bem; e bastante potássio, ótimo para hipertensos e praticantes de atividades físicas. 

Também oferece um pouco de vitamina C, que age com antioxidante e ajuda a manter o sistema imunológico em dia, e vitaminas do complexo B, que atuam beneficamente sobre o metabolismo.

Usos culinários

Essa especiaria é largamente usada na culinária indiana. Uma das sobremesas clássicas dessa cozinha é o gulab jamun, bolinhas feitas de leite e cozidas numa calda aromatizada com sementinhas de cardamomo. 

Trazendo para a nossa realidade, pense em fazer uma calda de açúcar temperada com cardamomo para cozinhar frutas como banana-da-terra, morangos, pera dura, própria para doce, ou mesmo maçãs pequenas. 

São sobremesas simples, nutritivas, que trazem os benefícios das frutas e, ainda, podem ser servidas quentes, o que é ótimo nesses dias em que as temperaturas começam a baixar por aqui. 

Em pratos salgados, você pode usar as sementinhas inteiras, retiradas das bagas (descarte as cascas) ou tostá-las ligeiramente, em fogo baixo, até desprenderem o aroma. Feito isso, amasse-as num pilão até obter um pó e use na receita. 

Gosto de usar o cardamomo para preparar cozidos de grãos, como feijões, ou de legumes, com ou sem carne, e também uma pitada em sopas e em pratos à base de arroz.

Pode ser usado para aromatizar sucos e chás. Acrescente algumas sementinhas dessa especiaria na hora de preparar seus chás e infusões favoritos, como mate, camomila, chá preto, etc. 

Traz um aroma maravilhoso e ainda contribui para combater a tosse, especialmente se for servido com mel puro (dizem também que a infusão feita com cardamomo ajuda a relaxar e combater dores de cabeça). 

Fica delicioso para aromatizar pudins e sobremesas cremosas, como pannacotta (à base de creme de leite fresco, açúcar e gelatina sem sabor), sorvetes e picolés caseiros (principalmente aqueles que levam leite em sua composição), na salada de frutas e também no preparo de bebidas típicas desta época do ano, como quentão e vinho quente ou ainda o tradicional "golden milk", que leva cúrcuma e leites vegetais. 


Artigos Relacionados