Câmara suspende sessão de forma urgente - acesso ao prédio será restrito

Servidores da Prefeitura foram contaminados por Covid 19 e, Câmara limita acesso de pessoas ao prédio

Postado em: em Cidades

Hugo Lourenço fechou a Prefeitura por 15 dias e Câmara Municipal terá acesso restrito a pessoas

Após verificar a contaminação de 3 servidores públicos da Prefeitura de Rifaina e por recomendação médica, o presidente da Câmara Municipal do Município, Antônio Carlos Marcelino dos Santos, o Carlinho da Saúde, suspendeu a sessão ordinária de segunda-feira (03/08).

Carlinho da Saúde explicou ao Jornal da Franca que duas semanas atrás, por precaução, contratou empresa para realizar testagem nos servidores e vereadores. Tudo por prevenção. E, felizmente ninguém testou para positivo.

Uma semana depois, três servidores da Prefeitura, cujo prédio é anexo a Câmara testaram positivo e o prefeito, Hugo Lourenço, suspendeu o atendimento ao público por 15 dias na Prefeitura de Rifaina.

Desta forma, o presidente da Câmara – por meio do decreto legislativo 02/2020 - considerando as necessárias e urgentes medidas locais e globais de controle do avanço do Coronavírus e ainda os novos casos que surgiram na Municipalidade, cancelou a sessão da primeira semana de agosto.

Além disso, a Câmara Municipal estará com apenas um servidor promovendo atendimento ao público e com a permanência restrita de pessoas nas dependências do prédio do Legislativo.


Artigos Relacionados