Buzinaço recebe inúmeros carros nas imediações da Prefeitura de Franca

Empresários e outras lideranças protestam contra as lojas fechadas e pedem alternativas para a Prefeitura

Postado em: em Política

Conforme o Jornal da Franca divulgou com exclusividade na noite de quinta-feira (26),​​um grupo de empresários impedidos de trabalhar por causa do Decreto da Prefeitura de Franca, que suspende as atividades comerciais e industriais, resolveu protestar para poder voltar a trabalhar.

Segundo um dos líderes do movimento, a intenção foi fazer uma manifestação tranquila e um contato com o prefeito Gilson de Souza.

Logo nas primeiras horas da manhã a cidade era outra. Nas imediações da Prefeitura, empresários e outras pessoas convocadas pelos grupos de WhatsApp se aglomeravam para a manifestação.

Sem condições de avaliar o número de presentes, o Jornal da Franca observou que o movimento teve apoio espontâneo de vários motoristas que passavam por perto e já acionavam a buzina de seus veículos.

A Polícia Militar, com o serviço de informações alerta por causa das notícias da noite, já estava por perto, mas mesmo assim foi solicitado um reforço de viaturas, embora toda a manifestação fosse pacífica.

Eles alegam que se continuarem parados não terão condições de pagar contas e muito menos de manter os empregados, indicando um futuro caótico para a economia francana, paulista e brasileira.

Pelas informações conseguidas nos bastidores, a Prefeitura Municipal não deve rever o decreto e as empresas deverão permanecer fechadas. A não ser que haja uma mudança de posicionamento nas próximas horas.


Artigos Relacionados