Bocas de lobo: descarte de lixo nas ruas de Franca gera entupimento e mais gastos

Prefeitura vem realizando reparos em ruas dos Jardins Brasilândia, Petráglia, Palma, Francano, Bueno e outros

Postado em: em Urbanismo

As equipes de manutenção da Prefeitura vem se alternado em serviços nos mais variados pontos da cidade, interior dos córregos, corrigindo estragos causados pelas chuvas, refazendo os leitos conforme está acontecendo na Avenida Ismael Alonso y Alonso e nas operações de limpeza de bocas de lobo. Esse é um trabalho é feito diariamente e que ganha maior impulso nesse período de estiagem, pois tem o foco em evitar o surgimento de problemas futuros com a chegada das chuvas, especialmente inundações nos imóveis e danos nos pavimentos.

Essa semana foram feitas intervenções desde a segunda-feira, com reparos em ruas dos Jardins Brasilândia, Petráglia, Palma, Francano, Bueno, Vilas São Sebastião, Santa Luzia, Parque Progresso, entre outras. E o que é encontrado via de regra são amontoados de garrafas pets, saquinhos de mercado e muitas vezes pedaços de utensílios domésticos, o que atesta uma situação comportamental, de descuido de muitas pessoas atirando ou deixando esses materiais sobre as calçadas.

     A secretaria de Serviços e Meio Ambiente, que vem trabalhando para deixar a cidade bem cuidada e bonita, apela aos moradores para que que façam a sua parte e ajudem nessa manutenção. Num dos casos recentes, concluídos nessa terça-feira entre as ruas Pará e Modestino Gomes, no Jardim Bueno, o trabalho foi árduo, exigiu a presença de equipamentos com mangueiras de alta pressão, mas que resultou na remoção de grande quantidade de entulhos que obstruíam o sistema de galerias.

     Isso elimina o problema do mal cheiro gerado pela água parada junto com os materiais arrastados e reduzindo o perigo de inundações futuras. Dentro dos canais também uma ocorrência constante são de objetos atirados indevidamente, com pneus e parte de móveis velhos.


Artigos Relacionados