Bill Cosby é considerado 'predador sexual violento' pela Justiça e cumprirá pena

Além de cumprir pena que pode variar de 3 a 10 anos de prisão, ele terá que passar por terapia mensalmente

Postado em: em Um Toque a +

O comediante e ex-apresentador de TV norte-americano Bill Cosby, de 81 anos, foi condenado por drogar e atacar sexualmente uma mulher em 2004. A sentença, dada pela Justiça americana nesta terça-feira (25), definiu o comediante como “predador sexual violento” e, além de cumprir pena que pode variar de 3 a 10 anos de prisão, ele terá que passar por terapia mensalmente pelo resto da vida e precisará se apresentar de tempos em tempos às autoridades, segundo o site da “BBC”.

“Eu não posso tratá-lo de maneira diferente baseado em quem ele é ou em quem ele foi”, disse o juiz Steven O’Neill ao ler a sentença. Entre as testemunhas, psicóloga Dra. Kristen Dudley afirmou que Cosby recorreria nos crimes de estupro e assédio caso fosse liberado sem supervisão. Os promotores pediram à Justiça uma pena de 10 anos de prisão para o comediante, porém, caso cumpra todas as exigências estipuladas pela Justiça, Bill Cosby pode sair da prisão em 36 meses.

O juiz Steven O’Neill também determinou que nome de Bill Cosby ficará registrado numa lista de agressores sexuais que é enviada a vizinhanças, escolas e vítimas. O ex-apresentador de TV foi condenado por ter violentado a administradora Andrea Constand em sua residência, nos arredores da Filadélfia, em 2004. Porém, após a denúncia de Andrea, mais de 60 mulheres afirmaram ter sofrido algum tipo de assédio por parte do comediante.


Artigos Relacionados