Atemporal... um blend que deu certo

Postado em:

Na semana do “Dia Mundial do Malbec”, para comemorar, comecei no almoço de domingo degustando o vinho Alta Vista Atemporal.

Sou fã de vinhos varietais elaborados com a uva Malbec, e com certeza ainda vamos falar muito sobre eles.

Mas este, é um blend, que ao meu ver, e degustar, deu muito certo. O Blend é quando um vinho é elaborado com mais de um tipo de uva. Isto também é usados para Whiskies e outras bebidas. 

A mistura de mais de uma uva, quando feita por bons produtores, é a procura de tornar o vinho com características especifica, o que na maioria das vezes cria grandes vinhos e novos sabores. É o que tradicionalmente acontece em Bordeaux, e. com os franceses produtores de Bordeaux, não dá para discutir, não acham?

O Vinho que degustei foi o Alta Vista Atemporal elaborado com as uvas Malbec, Cabernet Sauvignon e Petit Verdot.

O produtor conseguiu ter o melhor de cada uva, o que resultou em um vinho seco, encorpado com o paladar muito equilibrado. O que só melhorou passando 12 meses em barrica de carvalho francês.

O que é um paladar equilibrado? Bem, “não sobra nada”... isto quer dizer que a composição do blend ficou perfeita. O produtor conseguiu reunir o melhor de cada uma destas uvas. Este é um vinho com 14,5% de álcool e mesmo assim, na temperatura certa, entre 16º e 18º, não percebemos que é tão alcoólico.

A Alta Vista é uma vinícola de uma família francesa que já tem uma longa história com a produção de vinhos. E trouxeram para a Argentina o conceito europeu de terroir. É considerada uma das melhores vinícolas da Argentina e seus vinhos sempre surpreendem.

Uma boa dica para estas noites que já começam a refrescar.


Artigos Relacionados