Área plantada de feijão vai subir 8,5% na primeira safra, diz consultoria

Elevação deve ser puxada por preços maiores ao longo do recente período de entressafra

Postado em: em Agronegócios

A área plantada com feijão primeira safra no ciclo 2019/2020 deverá subir 8,5%, atingindo 997,4 mil hectares. 

A previsão da consultoria Safras & Mercado indica um cenário totalmente diferente do divulgado em julho, quando a consultoria estimava que a área plantada cairia 2,8%.

“Os preços domésticos apresentaram evolução ao longo do recente período de entressafra, o que poderá estimular alguns produtores a aumentar sua área para esta nova safra ante a temporada anterior”, explica o analista de mercado Jonathan Pinheiro.

Apesar disso, a empresa ressalta que o cenário de preços não é muito favorável a um maior investimento nas lavouras, favorecendo a estimativa de queda da produtividade, saindo de 1.073 quilos por hectare para 1.010 quilos por hectare.

Mesmo com essa redução na produtividade, a produção poderá crescer 2,1%, atingindo pouco mais de um milhão de toneladas, contra 986 mil toneladas no ano anterior.

“É importante ressaltar que já era aguardada queda de área e produção para última temporada, ante a safra de 2017/18, devido à conjuntura de retração das cotações de referência do país. Além disso, intempéries climáticas trouxeram impacto ainda mais a esta queda de produção no país”, alerta o analista.

Com isso, as recuperações desta safra não são tão representativas, até porque, o cenário de redução gradual da produção de primeira safra vem ocorrendo também devido à competição com outras culturas, elevando a produção de segunda safra, com menor competição com as culturas de verão no país.


Artigos Relacionados