Aprenda uma técnica de memorização infalível; siga esse ensinamento

86 bilhões de neurônios e trilhões de sinapses permitem à sua mente fazer muito mais do que você pensa…

Postado em: em Cotidiano

​Você tem problemas para decorar matérias da faculdade, números de telefone ou datas de aniversário? 

Então seus problemas acabaram. Confira uma técnica de memorização infalível!

Em média, o cérebro contém 86 bilhões de neurônios e trilhões de sinapses. Todas essas células cerebrais permitem à sua mente fazer muito mais do que você pensa… 

A técnica de memorização infalível 

Digamos que alguém lhe peça que decore esta lista de dez palavras: joaninha, pente, aveia, advogado, carvão, selo, faca, minhoca, sino, alface. 

Normalmente, você teria de repeti-la muitas vezes na cabeça até conseguir se lembrar de 100% dela. 

Mesmo depois de realizar essa façanha cansativa, algumas horas depois você provavelmente só recordaria duas ou três palavras do início e do fim da lista.

Isso se deve aos efeitos que os psicólogos cognitivos chamam de primazia e recência.

As informações no começo e no fim de uma série interferem com a recordação de informações do meio. 

Essa dificuldade vem das limitações da memória verbal; a parte linguística do cérebro, onde armazenamos listas arbitrárias de palavras, tem capacidade limitada. 

No entanto, o cérebro visual tem armazenamento muito maior do que o cérebro linguístico. Portanto, quando armazenamos informações visuais, e não linguísticas, podemos recordá-las muito melhor.

O segredo das imagens

E este é o segredo para lembrar as dez palavras acima. Em vez de repetir as palavras na cabeça, converta-as em imagens – e não qualquer imagem, mas quadros muito vívidos. 

Visualize sua casa e, mentalmente, coloque a imagem de cada objeto da lista num cômodo ou lugar distinto, como um armário, dentro da casa. 

Por exemplo, ponha uma joaninha bem grande – digamos, com um metro de diâmetro, para ser bem destacada – no lugar do capacho diante da porta da frente.

Depois, deposite no chão, logo depois de entrar, um grande pente alaranjado. Continue a pôr cada objeto sucessivo da lista em sua casa, de preferência na ordem em que levaria alguém por uma visita guiada.

Quando terminar, dê outra volta na casa e “veja” os objetos que deixou nos diversos lugares. Você não deverá ter dificuldade em visualizar cada um deles – e, portanto, cada uma das palavras. 

É possível usar esse mesmo truque para decorar séries de números, letras, símbolos e tudo o mais. 

Basta converter o que estiver decorando em algo significativo; por exemplo, o número 2 pode ser representado por uma imagem sua com seu cônjuge.


Artigos Relacionados