Alimentos que ajudam no tratamento da Candidíase vaginal

Postado em:

A Cândida é um fungo que habita a nossa microbiota intestinal e, em condições normais, o nosso sistema imunológico impede que o fungo se multiplique desordenadamente. No entanto, em condições em que a nossa imunidade está comprometida, quando há alteração importante na nossa microbiota intestinal ou em casos de desordens hormonais, o fungo se multiplica descontroladamente, causando a infecção.

São gatilhos para estas desordens:

  • Consumo de carboidratos refinados, açúcar/adoçantes, fermentados e industrializados ou alimentos contaminados com o fungo.
  • Alterações hormonais, estresse e uso continuo de anticoncepcionais;
  • Supressão imunológica;
  • Exposição a toxinas ambientais - metais tóxicos, medicamentos, poluição.
  • Falta de atividade física

A alimentação inadequada pode favorecer a multiplicação do fungo, pois suprime o sistema imunológico, servem de alimento para os fungos fermentar e se multiplicar ou são fonte de contaminação devido ao armazenamento inadequado e contaminação no cultivo; por isso devemos evitar:

  • Açúcar refinado, balas, doces, biscoitos, pão branco e massas e alimentos industrializados
  • Castanhas, nozes, frutas secas, amendoim e seus produtos como manteiga de amendoim e paçoca;
  • Alimentos e bebidas fermentadas;
  • Consumo de bebidas alcoólicas, mesmo em pequenas quantidades


E o que devemos priorizar, para tratar o problema:

  • Alimentos antifúngicos como alho e óleo de coco, que combatem o crescimento do fungo
  • Alimentos antinflamatórios como curcuma, peixe, linhaça, pimenta caiena, pois modulam o sistema imunologico e tem açã antioxidante e antimicrobiana. 
  • Probióticos que favorecem o crescimento de bactérias benéficas no intestino, diminuem as bactérias chamadas patogênicas, melhorando a saúde intestinal.

*Esta coluna é semanal e atualizada às segundas-feiras