Abono de R$600: quase 2,6 milhões receberam auxílio emergencial nesta quinta

Benefício será pago a trabalhadores informais, desempregados, contribuintes individuais do INSS e MEIs

Postado em: em Economia

​​Segundo o Governo, cerca de 2,6 milhões de pessoas receberam a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 nesta quinta-feira (09). 

Conforme anunciado pelo Governo Federal, os primeiros a receber são os cidadãos que estão no Cadastro Único do governo federal mas não recebem Bolsa Família, e que têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa.

O auxílio está sendo creditado na conta poupança de nada menos que 2.150.497 clientes da Caixa e na conta de 436.078 clientes do Banco do Brasil. 

Nesta quinta-feira (09), o total disponibilizado foi de cerca de R$ 1,5 bilhão.

O benefício disponibilizado pelo Governo vai ser pago para os trabalhadores informais, desempregados, contribuintes individuais do INSS e MEIs. 

Veja como deve ser o calendário de pagamento para todos os trabalhadores que podem receber o auxílio:

Primeira parcela

A primeira parcela vai ser paga da seguinte maneira:

  • Os cidadãos que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal, vão receber a partir deste 09 de abril, quinta-feira;
  • Quem estiver no Cadastro Único, não receber Bolsa Família e não tiver conta nesses bancos: recebe terça-feira, 14 de abril;
  • Os trabalhadores informais que estão no Cadastro Único: em 5 cinco dias úteis após inscrição no programa de auxílio emergencial (veja como se inscrever  logo abaixo); e
  • Quem for beneficiário do Bolsa Família, nos 10 dias úteis de abril, seguindo o calendário regular do programa. 

Segunda parcela

Será paga da seguinte forma:

  • Os cidadãos que estão inscritos no Cadastro Único, mas que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial: vão receber entre 27 e 30 de abril
  • Os Beneficiários do Bolsa Família: vão receber nos últimos 10 dias úteis de maio, seguindo o calendário regular do programa.

Terceira parcela

Será paga da seguinte forma:

  • Os cidadãos que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial. Receberão o auxílio entre 26 e 29 de maio;
  • Os benefícios do Bolsa Família vão receber nos últimos 10 dias úteis de junho, conforme calendário regular do programa.

Artigos Relacionados