West Coast fecha fábrica de calçados em Sobradinho e demite 186 trabalhadores

A Companhia sediada em Ivoti emprega 800 colaboradores no Rio Grande do Sul e em Sergipe

Postado em: em Economia

 A fabricante de calçados West Coast, do grupo Priority, fechou sua fábrica em Sobradinho, na região central do Rio Grande do Sul, que emprega 186 trabalhadores. 

De acordo com a empresa, que tem sede em Ivoti, a decisão foi motivada “com base no atual ambiente de incertezas políticas e econômicas que afetam o desempenho do setor varejista motivada pelas dificuldades na saída dos produtos”. 

O fim das atividades na fábrica da companhia é mais um ingrediente na crise no setor calçadista gaúcho. 

De acordo com os últimos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, entre julho de 2017 e julho de 2018, o setor calçadista do Rio Grande do Sul fechou 3209 vagas de trabalho. 

Conforme o presidente da Federação Democrática dos Sapateiros do Rio Grande do Sul, João Batista Xavier da Silva, a West Coast já vinha alegando problemas e esperava uma recuperação nas vendas. 

o entanto, o quadro foi agravado com a greve dos caminhoneiros. Desde o último dia 29, os funcionários estavam em férias coletivas. 

“Eles não conseguiram manter a produção e, por isso, tiveram que parar. Mas a empresa entrou em acordo com a Federação e os trabalhadores vão receber as rescisões”, garantiu Xavier. 

O sindicalista disse já estar negociando com outro grupo calçadista para ocupar as instalações do local – que, segundo ele, é de propriedade da prefeitura municipal – e aproveitar a mão de obra agora ociosa. 

Na segunda-feira (10), a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) divulgou que as exportações de calçados brasileiros para o exterior caíram 7,3% em volume e 9,2% em receita no mês de agosto, no comparativo com o mesmo mês do ano passado 

Pelos dados da entidade, desde o início do ano, o Rio Grande do Sul perdeu 2,3% da receita com a exportação do produto na comparação com o mesmo período do ano passado.

Confira a nota divulgada pelo Grupo Priority: 

“Nesta segunda-feira, o Grupo Priority, detentor das marcas West Coast e Cravo&Canela, comunica o encerramento das atividades de sua unidade fabril em Sobradinho/RS. 

A decisão foi tomada com base no atual ambiente de incertezas políticas e econômicas que afetam o desempenho do setor varejista, com o objetivo de adequar a estrutura produtiva da empresa à realidade deste mercado. 

Os outros quatro parques fabris do Grupo, com aproximadamente 800 colaboradores distribuídos entre o Rio Grande do Sul e Sergipe, continuam suas atividades normalmente para atender os mais de 6.000 pontos de venda das marcas. Atenciosamente,

Direção Grupo Priority” 





Artigos Relacionados