Virgínio é convocado de novo e deve ser ouvido por comissão na quinta-feira

Secretário de Planejamento Urbano também deverá ser ouvido pelo Ministério Público

Postado em: em Política

​O secretário de Planejamento Urbano de Franca, Virgínio Reis, foi novamente chamado oficialmente para prestar depoimento aos vereadores da Comissão Processante instaurada na Câmara.

A oitiva está agendada para a próxima quinta-feira e já deveria ter acontecido na semana passada, mas o secretário não compareceu. Por ser considerado peça importante para o andamento dos trabalhos da comissão, a oitiva foi remarcada.

Embora a Comissão Processante não tenha o chamado poder de polícia, se o engenheiro não comparecer novamente a sua convocação poderá ser solicitada à Justiça pelos membros da CP.

E não deverá ser o único depoimento de Virgínio, uma vez que a motivação da criação da Comissão Processante, denúncias de suposto favorecimento pelo prefeito Gilson de Souza (DEM) a projetos da Construtora Pacaembu, é alvo de investigação no Ministério Público.

O Gaeco, grupo de combate ao crime organizado, investiga a parte criminal da denúncia e a Promotoria de Justiça da Cidadania apura as eventuais ocorrências de improbidade administrativa. Em ambos, Virgínio poderá prestar informações importantes.

Além disso, o engenheiro foi citado em depoimentos de outros servidores municipais, também engenheiros da Prefeitura e subordinados seus, o que aumenta o interesse nas informações que Virgínio poderá fornecer.


Artigos Relacionados