​Venda no varejo tem queda de 31,8% em abril, aponta levantamento da Serasa

Nos quatro primeiros meses do ano, o varejo teve uma retração de 10,1% em relação ao mesmo período de 2019

Postado em: em Economia

O presidente da CDL Franca, Maurício Pereira Ramos, anunciou nesta quarta-feira (03), que as vendas no varejo tiveram queda de 31,8% em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo levantamento da Serasa Experian.

Essa é a maior retração desde o início da série histórica iniciada em 2001, baseada no número de consultas feitas à base de dados da consultoria. A maior queda havia sido em janeiro de 2002, quando as vendas do varejo reduziram 16,5%.

No acumulado dos quatro primeiros meses do ano, a atividade do varejo apresenta uma retração de 10,1% em relação ao período de janeiro a abril de 2019.

Maurício Ramos afirmou que entre os setores que mais sofreram em abril, está o de eletrodomésticos e eletroeletrônicos, com uma queda de 39,9% na comparação com o mesmo mês do ano passado. 

O varejo de vestuário e calçados registrou uma redução de 39,6% nas vendas; o de veículos, motos e autopeças, 33,1%; e o de material de construção, 32,1%.

O ramo de supermercados, alimentos e bebidas foi um pouco menos afetado, com uma redução de 24,3% no movimento de abril. Os estabelecimentos que comercializam combustíveis e lubrificantes tiveram queda de 19,3% no mês.

Maurício explicou que o Serasa tem convênio com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas e as informações refletem nas principais cidades do país. E, Franca está entre esses municípios.


Artigos Relacionados