​Usuários de ônibus não respeitam decretos que mandam usar máscaras

Pessoas de várias áreas não se importam e continuam transitando por todos os lados sem qualquer proteção

Postado em: em Cotidiano

A falta de respeito de centenas de usuários de transporte coletivo de Franca pode disseminar ainda mais o vírus da Covid 19 na cidade. Sem qualquer proteção de mascaras, os usuários do transporte desafiam a própria vida e de seus semelhantes.

Mesmo com os decretos de que ao sair de casa se deve usar máscaras para se proteger contra o Coronavirus e evitar a transmissão para outras pessoas, trabalhadores de várias áreas não se importam e continuam transitando por todos os lados sem qualquer proteção.

O pior é que a fiscalização não existe e isso pode elevar ainda mais o número de contaminados em Franca, que está na faixa 1 (vermelha) e com restrições de abertura de vários estabelecimentos.

O médico Homero Rosa Júnior, da Vigilância Epidemiológica de Franca, tem alertado em todas os seus pronunciamentos nos meios de comunicação de que o uso da máscara é necessário para uma maior proteção, além do isolamento social.

“Se não houver a participação da comunidade na prevenção, Franca continuará nessa crescente onda de contaminação e o risco de morte eminente”.

Já foi alertado várias vezes pelas autoridades da saúde pública que a curva ainda é ascendente, o que significa a perspectiva de muitos casos. Ao mesmo tempo, Franca não tem estrutura para suportar o número de contaminados.

Já faz algum tempo que as autoridades estão alertando para o colapso na área de saúde, com a constatação de que se o número de casos explodir, a cidade não terá leitos de UTI suficientes para atender a todos.

Isso já está acontecendo, tanto na rede pública como nos hospitais particulares.


Artigos Relacionados